nsc
    an

    Vaticano

    Vaticano reconhece novo milagre e deixa João Paulo II mais perto da canonização

    Congregação para a Causa dos Santos do Vaticano atribuiu ao Papa falecido em 2005 um milagre ocorrido na noite de sua beatificação, em maio de 2011

    02/07/2013 - 08h51 - Atualizada em: 02/07/2013 - 09h11

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    A comissão de cardeais da Congregação para a Causa dos Santos do Vaticano aprovou a atribuição de um segundo milagre ao beato João Paulo II, passo chave para sua canonização, indicaram nesta terça-feira fontes vaticanas.

    Agora é preciso apenas que o papa Francisco promulgue o decreto através do qual é reconhecido o milagre e que seja fixada a data para sua canonização, que, segundo meios de comunicação italianos, pode ocorrer no fim de 2013.

    Com a atribuição do segundo milagre ao Papa falecido em 2005 se acelera o processo para a canonização de João Paulo II, o primeiro pontífice polonês da história

    Em abril, uma comissão de sete médicos consultada pela Congregação reconheceu como milagre a cura inexplicável de uma mulher, razão pela qual pode ser proclamado santo.

    Segundo fontes religiosas, seria um milagre ocorrido na noite de sua beatificação, em maio de 2011.

    Até agora não se sabe o nome e o lugar onde foi realizado o milagre por intercessão do pontífice polonês.

    O processo canônico para que uma pessoa seja proclamada santa requer o reconhecimento por parte de uma equipe de médicos, baseados em exames clínicos, de um milagre para a beatificação e de um segundo para a canonização.

    Karol Wojtyla pode ser canonizado depois de outubro, no fim do "Ano da Fé", proclamado por seu sucessor Bento XVI.

    A canonização de João Paulo II, que ocupou o trono de Pedro por 27 anos, responde ao pedido da multidão que durante seu funeral gritava para que fosse proclamado santo imediatamente.

    Seu sucessor, Bento XVI, autorizou rapidamente a análise de suas virtudes e de sua obra para que fosse declarado beato, primeiro passo para chegar a alcançar a glória dos altares.

    Segundo fontes religiosas, o papa Francisco deseja proclamar santos em uma única cerimônia João Paulo II e João XXIII, a quem considera um "modelo de santidade" por sua simplicidade e bondade, mas que surpreendeu o mundo na década de 60 ao convocar um concílio para reformar e modernizar a Igreja.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas