Um dia depois de ser atingida por uma chuva histórica, Florianópolis amanheceu com ruas alagadas e interditadas nesta quarta-feira (29). Somente nessa terça (28) choveu 185 milímetros, valor que ultrapassa a média histórica prevista para todo o mês de novembro (129 mm), de acordo com a Defesa Civil.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Grande Florianópolis pelo WhatsApp

Duas rodovias ainda estavam com problemas durante a tarde, ambas no Sul da Ilha: a SC-405, no trecho entre o viaduto do Rio Tavares até o elevado da Seta, que estava interditada; e a SC-401, próximo ao Aeroporto, que funcionava com apenas uma faixa no sentido Bairro, e outra no sentido Centro. Por volta das 19h, as rodovias foram liberadas para o trânsito normal de veículos, conforme informações da Polícia Rodoviária Estadual.

A opção durante a tarde era pegar o acesso ao Sul da Ilha pela Lagoa, que é muito mais longe, ou ir pela SC-401 Sul, o acesso do novo Aeroporto, que mesmo com alagamentos, estava transitável. Em outros pontos da cidade, a água já havia baixado durante o dia e o trânsito voltou à normalidade, conforme informações repassadas por Ricardo Pastrana, subinspetor da Guarda Municipal de Florianópolis.

Veja as ruas que ficaram bloqueadas em Florianópolis

Continua depois da publicidade

Situação de emergência

Na terça, a prefeitura de Florianópolis decretou situação de emergência em decorrência das chuvas. Vários bairros do município ficaram embaixo d’água, aulas foram canceladas e ruas alagadas. A Defesa civuil registrou também deslizamentos e danos na infraestrutura.

As regiões Sul e Leste da Ilha foram as mais afetadas. No bairro Monte Verde, por volta das 18h de terça, o córrego transbordou e invadiu diversas casas. Ruas dos bairros Campeche, Rio Vermelho, Santa Mônica e Córrego Grande também sofreram com alagamentos.

O nível da água já tinha baixado na manhã desta quarta-feira, mas os reflexos ainda eram vistos nas ruas, como placas de trânsito arrancadas e carros abandonados.

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) suspendeu as aulas da manhã desta quarta-feira (29). Porém, no final da manhã a universidade informou que as atividades acadêmicas e administrativas presenciais seriam retomadas no Campus de Florianópolis, na Trindade e no Centro de Ciências Agrárias (CCA), no Itacorubi, a partir da tarde desta quarta-feira (29).

Continua depois da publicidade

Confira imagens da chuva

Leia também

Santa Catarina teve apenas 48 dias sem chuva durante todo o ano de 2023

Chuva que castiga SC desde outubro já deixou 11 mortos

SC anuncia pacote milionário para socorrer cidades atingidas pelas chuvas

Destaques do NSC Total