nsc
    dc

    Clima de Halloween

    Veja quais são os "monstros" do seu ambiente de trabalho

    Em homenagem ao Halloween, site monta lista com os diferentes tipos de profissionais

    31/10/2013 - 13h18 - Atualizada em: 31/10/2013 - 14h21

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    O Halloween pode não ser uma festa tipicamente brasileira. Contudo, alguns monstros lembrados nesta época do ano têm características bem semelhantes a alguns colegas de trabalho de empresas, possivelmente, bem próximas de você. O Catho, site especializado em empregos, montou uma lista divertida com as "espécies" de profissionais e dicas para lidar com eles.

    Confira alguns tipos corporativos bem comuns:

    Colega Múmia

    Profissional que faz da empresa seu sarcófago. Parado no trabalho e estagnado na carreira, está sempre acomodado.

    Como lidar? Evite este tipo de colega ou se tornar um deles. Seja proativo e procure participar das atividades para crescer em sua carreira.

    Colega Bruxa

    Adjetivo comumente ligado a chefes autoritárias ou colegas de trabalho desagradáveis, a bruxa é uma figurinha comum em quase todas as organizações.

    Como lidar? Se for um colega, tente ser cordial e falar estritamente o necessário. Se for o seu chefe, tente dialogar para vocês conseguirem ter uma boa convivência.

    Colega Fantasma

    Colaborador que está sempre ausente nas decisões de uma equipe, ou até mesmo na empresa!

    Como lidar? Não se sobrecarregue pela ausência do colega, chame-o para o trabalho, peça a opinião e o envolva nas atividades realizadas, mostrando que no trabalho em equipe cada um participa com sua parcela.

    Colega Vampiro

    É o funcionário sanguessuga, aquele que gosta de roubar boas ideias e projetos.

    Como lidar? Não compartilhe informações importantes com este colega. Se for necessário, registre por e-mail ou oficialmente para que você não tenha dor de cabeça.

    Colega Cabeça de abóbora

    Profissional com a cabeça vazia, e que não colabora com novas ideias.

    Como lidar? Não se contagie com este tipo de postura, exponha sempre suas ideias e respeite as ideias dos outros. Se possível, estimule o colega para que opine ou auxilie no aprimoramento de alguma ideia apresentada.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Economia

    Colunistas