nsc

publicidade

Política

Vereador é preso suspeito de indicar funcionários em troca de dinheiro em São Bento do Sul

O vice-prefeito da cidade também está preso e é investigado pelo mesmo crime

22/08/2019 - 17h08 - Atualizada em: 22/08/2019 - 20h23

Compartilhe

Redação
Por Redação AN
foto mostra o vereador cesar godoy em frente a um microfone na tribuna
Cesar Godoy foi preso preventivamente

A Polícia Civil de São Bento do Sul prendeu, preventivamente, o vereador César Godoy (PSB). Ele está sendo investigado pelo crime de concussão, ou seja, cobrar vantagem por conta do cargo, com indicação de profissionais para determinada função e, em troca, pedir parte do salário.

A investigação começou no início do mês, quando os policiais cumpriram mandado de busca e apreensão em seu gabinete. Segundo a Polícia Civil, as provas indicam que o vereador estava coagindo uma das vítimas, para ela não o entregasse. Godoy havia pedido afastamento da Câmara de Vereadores de São Bento nesta semana e estava em casa no momento da prisão.

Segundo a advogada de defesa do vereador, Carla Hoffmann, o processo está em sigilo e ela ainda não havia tido acesso a todo o conteúdo até o início da tarde desta quinta-feira. Ela destacou que o próprio vereador se afastou voluntariamente da Câmara para não interferir no trabalho e que a defesa ingressaria com pedido de revisão da decisão em juízo.

O crime em que o vereador está sendo investigado é o mesmo pelo qual o vice-prefeito Márcio Dreveck foi preso, em 1º de julho. Segundo a Polícia Civil, ele recebia cerca de R$ 10 mil por mês, em média, em propinas.

Deixe seu comentário:

publicidade