nsc
dc

Legislativo

Vereador protocola pedido de CPI sobre nepotismo em Chapecó 

Falta uma assinatura para instaurar comissão

11/12/2019 - 18h57 - Atualizada em: 11/12/2019 - 18h58

Compartilhe

Darci
Por Darci Debona

Um pedido de CPI para apurar casos de nepotismo, puro ou cruzado, foi protocolado na terça-feira na Câmara de Vereadores de Chapecó pelo vereador Neuri Mantelli (sem partido). O pedido foi encaminhado após o Observatório Social de Chapecó fazer um pedido nesse sentido, na sexta-feira passada, baseado numa troca de acusações entre Mantelli e o colega Claimar De Conto (PP), nas sessões de 24 e 25 de outubro.

Mantelli disse que De Conto tinha a esposa na secretaria de Saúde de Chapecó, além de nomear “eleitorais” com salários de R$ 7 mil na secretaria, que estariam gastando muito com diárias.

De Conto rebateu dizendo que sua esposa é concursada e que familiares de Mantelli também teriam exercido cargos na prefeitura. Mantelli respondeu que tinha um irmão que trabalhou como cargo comissionado durante um ano e meio, com salário de R$ 1,6 mil, na época em que não era vereador.

O presidente do Observatório Social, Mário Miranda, disse que é necessário esclarecer essas acusações.

O presidente da Câmara, Ildo Antonini, disse que o vereador Neuri Mantelli já estava encaminhando o pedido de CPI, que precisa de sete assinaturas. Em nota a presidência da Câmara disse que os parlamentares estavam analisando o pedido. Até esta quarta-feira seis vereadores tinham assinado.

Leia também:

Previsão de mais soja e menos milho para 2020 no Brasil e em SC

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Política

Colunistas