nsc

publicidade

Fenômeno astronômico

VÍDEO: entenda como se forma o eclipse lunar total previsto para esta sexta

Saiba como acompanhar o fenômeno astronômico em Florianópolis

25/07/2018 - 04h12 - Atualizada em: 26/07/2018 - 09h42

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Um eclipse lunar acontece quando o Sol, a Terra e seu satélite ficam alinhados astronomicamente, estando o nosso planeta no meio, bloqueando a luz do Sol. Quando a Lua entra totalmente na sombra da Terra, temos o eclipse lunar total. Este fenômeno poderá ser visto pelos catarinenses no entardecer da próxima sexta-feira, dia 27.

Conforme o doutor Marcelo Girardi Schappo, coordenador do projeto Astro&Física do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), o evento ocorre em média uma vez por ano, apesar de haver anos com duas ocorrências e outros sem nenhuma. Neste vídeo didático, o carismático professor explica como se forma um eclipse lunar total.

Quando e como observar?

O início do eclipse será às 14h15 do dia 27 de julho de 2018. O término acontecerá por volta das 20h30h. Porém, é importante destacar que para Santa Catarina, neste dia, o nascer da Lua será por volta de 17h40, o que faz com que consigamos observar apenas a parte final do eclipse. No mesmo período o Planeta Vermelho já estará em oposição, sendo a maior aproximação entre Terra e Marte quatro dias depois, (31/07). A próxima oposição será em outubro de 2020.

A observação pode ser feita a olho nu, sem qualquer equipamento especial. No entanto, é preciso estar atento logo no início da noite, pois a Lua vai nascer já com eclipse acontecendo, fazendo com que ela apareça na coloração avermelhada. O professor Marcelo orienta os observadores a procurar locais com boa visibilidade do horizonte leste. 

 SÃO JOSÉ, SC, BRASIL - 08/11/2016Marcelo Girardi Schappo, doutor em física e professor no IFSCIndexador: EMERSON SOUZA
Professor Marcelo Girardi Schappo Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Observação aberta ao público 

Telescópios e binóculos podem ser usados para deixar a observação mais interessante: com eles, é possível perceber detalhes do relevo lunar, como as crateras causadas por impactos de asteroides no passado. Por isso, os professores do projeto Astro&Física estarão com telescópios à disposição do público no Mirante da Lagoa da Conceição, das 17h às 20h. Também estará aberto ao público o observatório da UFSC.   

Previsão do tempo não é favorável

Os prognósticos desta terça-feira (24) indicam que as condições do tempo em Santa Catarina não serão boas para observar a olho nu o eclipse total da Lua, também chamado Lua de Sangue, previsto para o final da tarde de sexta-feira (27). No mesmo período, acontecerá outro fenômeno astronômico chamado Marte em Oposição, que é quando o Planeta Vermelho fica mais luminoso.

Conforme o Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de SC (Epagri/Ciram), a previsão é de nebulosidade durante a tarde e chuva à noite, justamente durante os dois eventos.

A meteorologista da Epagri/Ciram Marilene de Lima explica que há, neste momento, uma formação de área de baixa pressão no Sul do Brasil, o que dará bastante condições de nuvens e precipitação.

— Então essa visualização do eclipse pode ficar comprometida pela maior nebulosidade prevista para a noite. Pode até mudar alguma coisa, mas por enquanto os prognósticos não são promissores — lamenta a meteorologista.

Apesar da previsão não ser favorável, Marilene não perde o otimismo, pois ela também pretende observar o eclipse e o Planeta Vermelho mais brilhoso. Para o litoral catarinense, a condição é de nuvens alternando com pequenas aberturas ao longo da tarde, com a chuva é mais para o período da noite. Já no Oeste, Meio-Oeste, Planalto e Sul o dia todo deve intercalar entre nuvens e chuva.

— Tem que ir acompanhando a previsão e não pode desistir até o final. Como tem essa condição de variação de nebulosidade, pode ter pequenas aberturas em alguns minutos, o que pode dar sorte de assistir esse espetáculo. Também pode ser que a chuva chegue só de madrugada — espera a meteorologista.

Deixe seu comentário:

publicidade