nsc
nsc

Em busca da fama

VÍDEO: Menina canta e encanta público que passa pelo Centro de Florianópolis

Erika Vitória, de 13 anos, sai de Santo Amaro da Imperatriz três vezes por semana para se apresentar em frente ao Ticen

03/04/2015 - 06h46 - Atualizada em: 03/04/2015 - 10h56

Compartilhe

Por Redação NSC

Enquanto Erika Vitória, de olhos fechados, entoa com facilidade aparente uma canção da moda sertaneja, o pai, Rodrigo de Souza, embrenha-se entre as pessoas que se acumulam para assisti-la. Ele aproveita para oferecer por R$ 10 o CD com músicas famosas cantadas pela garota gravado artesanalmente. O dinheiro, ele garante, é para fazer com que a menina possa ter um disco com músicas próprias e alcance a fama. No repertório, estilos variados, mas predomínio do ritmo da "sofrência", que ganha o público.

A irmã caçula, Beatriz, com o aval da mãe, Tatiane de Oliveira, ajusta o som do alto-falante, sem deixar de acompanhar o coro da música cantada pela irmã. Esse é o cotidiano encarado há mais de um mês pela família de Erika Vitória por pelo menos três vezes na semana: eles saem de Santo Amaro da Imperatriz nas tardes de terças, quintas e sábados e se instalam na calçada entre o Mercado Público e o Camelódromo, em Florianópolis, onde sempre encontram um público cativo.

Depois que Erika Vitória foi parar na internet, graças a um vídeo que obteve quase 1,5 milhão de visualizações, o sucesso de público tem sido ainda maior. Contrariando o cenário de crise da indústria fonográfica, a menina chega a vender uma média de 100 CDs por dia. No começo, o pai garante que eram 200.

A cantora-mirim quer juntar dinheiro e lançar CD com músicas próprias. Foto: Betina Humeres/Agência RBS

Está inscrita no The Voice Kids

Uma senhora nitidamente emocionada não pôde deixar de elogiar em voz alta a cantora de apenas 13 anos.

- Ela tem uma voz muito bonita, suave. Passo aqui e paro para assisti-la quase sempre. Quando ela canta a oração da família, eu me arrepio toda - disse a senhora.

A próxima produção da jovem terá músicas próprias, segundo a família. E, para dar conta da rotina, o pai afastou-se do negócio da família e, agora, todos se envolvem no objetivo de trazer a fama para a cantora-mirim. Depois de cantar Legião Urbana na tarde desta quinta-feira, 2, a menina fez o anúncio dos novos rumos da carreira pelo microfone:

- Me inscrevi no The Voice e espero passar. Caso eu consiga, conto com o apoio de vocês por lá, onde espero apresentar minhas canções próprias - disse em meio aos aplausos.

Talento vem de berço

Engana-se quem pensa que Erika Vitória tenha feito aula de canto por muito tempo. A maior professora da menina foi a mãe, Tatiane, que hoje tem vergonha dos microfones e prefere assistir à filha.

- Com dois anos, comecei a cantar para ela e a incentivá-la. Aos poucos, percebi que ela tinha talento e não deu outra - diz a ex-cantora e mãe.

O pai Rodrigo confirma a expectativa da mãe e acrescenta que a filha sempre emocionava nas apresentações escolares, coral de Igreja que frequentava, rádios e bares - onde atua eventualmente.

- Não é porque é minha filha, mas ela faz a diferença. Cuido muito dela e não deixo qualquer empresário se aproveitar, estamos em busca de um sonho. Me emocionei e me inspirei naquele filme do Zezé Di Camargo e Luciano [Dois filhos de Francisco] - explica, com os olhos cheios de lágrima, sem deixar de atender a quem lhe estendia uma nota de R$ 10 e pedia pelo CD da filha.

- Quando eu cheguei aqui, não sabia qual seria a reação das pessoas. Mas quando eu comecei a cantar e vi que elas paravam o que estavam fazendo para me ouvir, percebi que é isso que eu gosto. Estou muito feliz - conta a futura cantora.

Quer entrar em contato com a Erika Vitória?

Para quem quiser falar com a cantora para shows, compra de CD ou auxílio para a carreira, basta entrar em contato pelos seguintes telefones: (48) 8412-2291 ou (48) 9151-6164

Colunistas