nsc
    an

    Esperança

    VÍDEO: militar toca trompete e encanta moradores em quarentena no Centro de Joinville 

    Imagens circularam nas redes sociais 

    24/03/2020 - 06h21

    Compartilhe

    Patrícia
    Por Patrícia Della Justina
    Músico faz parte do 62º Batalhão de Infantaria de Joinville
    Músico faz parte do 62º Batalhão de Infantaria de Joinville
    (Foto: )

    Poucos minutos foram o suficiente para emocionar e trazer alívio a alguns moradores de Joinville que estão cumprindo o decreto de isolamento social e puderam prestigiar a canção tocada por um trompetista do bairro Atiradores, no último fim de semana. As imagens que têm circulado na internet mostram o músico tocando a canção “Porque ele vive”, na última sexta-feira (20), por volta das 19h30.

    > Em site especial, leia tudo sobre coronavírus

    – Eu comecei a tremer, a suar. Foi lindo – lembra a fisioterapeuta Izamara dos Santos.

    Conforme Izamara, moradora de um prédio próximo, tudo começou quando ela e uma amiga tiveram a ideia de cantar a música da sacada do prédio. A ação foi para trazer uma mensagem de ânimo e paz aos vizinhos em isolamento, em meio à pandemia do Coronavírus.

    – Eu disse que não ia ter coragem de cantar sozinha, mas ela me encorajou – conta.

    Assim que elas terminaram de cantar, o trompetista foi para a frente da varanda de casa e começou a tocar a mesma canção, emocionando os moradores. No mesmo horário, durante os dois dias seguintes, no último fim de semana, novamente ele foi aplaudido pela plateia que se formou; cada um em sua sacada. No último domingo (22), o músico tocou também a música “Aleluia”.

    O trompetista faz parte do 62º Batalhão de Infantaria de Joinville e não teve a identidade revelada.

    Para outro morador do prédio, Fernando Cercal, os poucos minutos trouxeram conforto para passar a noite, além de demonstrar a união das pessoas em um momento tão difícil.

    – Além de quebrar um pouco esse gelo, ainda emocionou. Vi muita gente emocionada, chorando, aplaudindo. Nos prédios ao lado as pessoas também ficaram alegres e pediam para tocar mais. Por mais que sejam somente alguns minutinhos, em um momento em que estão todos angustiados, ele trouxe um pouco de alegria. Passamos aquela noite um pouco melhor – destaca.

    Assista ao vídeo:

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas