publicidade

Polícia
Navegue por

Crime

VÍDEO: "Minha família fazia de tudo pra ajudar ele", diz filho de Inês sobre suspeito do crime

Odair Will afirma que o homem apontado como responsável pelo duplo homicídio costumava almoçar na casa da família

22/05/2019 - 10h45 - Atualizada em: 22/05/2019 - 13h29

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Odair Will
Odair Will conversou com a imprensa após a coletiva nesta quarta-feira.
(Foto: )

Após mais de um ano da dor de perder mãe e irmã, Odair Will finalmente sente o alívio de ver preso o responsável pelo duplo assassinato. Ele recebeu a notícia da prisão de Anderson Nakamura na noite de terça-feira, quando a Polícia Civil efetuou a prisão do suspeito em Lages.

O nome do acusado foi recebido com espanto pelo jovem de 23 anos. Desde os 17 anos, Odair e Anderson eram amigos, frequentavam as mesmas festas e o Japa, como era chamado o homem apontado como responsável pelo crime, costumava almoçar na casa da família Will, cenário do crime ocorrido em 4 de abril de 2018.

— Ele tava com dificuldade para conseguir emprego. Minha mãe ajudou pagando pra ele fazer umas coisas que não tinha tempo de fazer — recorda Odair.

Ele diz que nunca imaginou a possibilidade de Anderson ter cometido os crimes. Tanto que chegou a mandar mensagens para o então amigo perguntando se havia visto algo de estranho no dia dos assassinatos. O fato do rapaz ter sumido da cidade não teria chamado a atenção, pois era comportamento comum de Anderson.

A dona do imóvel onde o suspeito morava, que prefere não se identificar, lembra que na sequência do crime o inquilino deixou o local. Nem mesmo os pertences foram levados e acabaram queimados depois. Japa é apontado pela mulher como uma pessoa tranquila, mas que nos últimos tempos passava por dificuldades financeiras, tanto que deixou aluguel e conta de luz sem pagamento para ir a Lages.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação