nsc

publicidade

Voltas às aulas

Vídeo: Psicopedagoga orienta os pais sobre adaptação no início do ano letivo

Educadora Lorena Nolasco fala sobre desafios para família e escola, em entrevista à repórter de Educação do DC, Júlia Antunes Lorenço

18/02/2014 - 03h34

Compartilhe

Por Redação NSC

Época de volta às aulas é também de adaptação a uma nova rotina. Para os pequenos, até o quinto ano do ensino fundamental, acostumar-se à escola pode ser um processo mais demorado, ainda mais se ela for uma instituição nova. Quem ajuda a entender melhor esse período de mudança é a psicopedagoga Lorena Nolasco, diretora de um centro de ensino particular em Florianópolis.

Assista ao vídeo com as orientações da psicopedagoga

Antes de tudo, os pais devem entender que este é um período para se fazer presente. Saber quem são os professores do filho, conhecer a equipe da escola e comparecer na primeira reunião de pais no colégio são atitudes recomendadas.

- Depois as mídias sociais têm sido bastante usadas para comunicação entre pais e escola, que já foi uma relação mais conflituosa. E os pais podem manter contato por meio delas - ressalta a educadora.

O período de adaptação costuma durar uma semana. Depois disso, Lorena diz que os pais devem ficar atentos ao filho e procurar saber na escola o que está acontecendo. Uma conversa aberta com a equipe pedagógica do colégio pode ajudar os responsáveis a descobrir o que acontece com a criança.

- Às vezes a proposta pedagógica daquela escola não cabe dentro da organização da família, daí o mais indicado é a mudança. A equipe da escola precisa dar esse retorno aos pais - recomenda.

E como o período de volta às aulas ainda é uma fase para se adaptar, a primeira semana costuma ser mais tranquila, sem exigências de tarefas escolares. Mas, os dias mais livres param por aí. Lorena diz que logo as obrigações aparecem e os pais, mais uma vez, precisam se fazer presentes.

Deixe seu comentário:

publicidade