nsc
nsc

A arte imita a vida

Vingança de noiva traída em "A Força do Querer" foi baseada em história real

Em janeiro deste ano, professora  do Espírito Santo traída pelo ex-companheiro fez ensaio de fotos usando vestido de noiva com juras de amor grafitadas

16/05/2017 - 07h11 - Atualizada em: 21/06/2019 - 21h52

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

A vida imita a arte, mas a arte também imita a vida, e o capítulo de segunda-feira (15) de A Força do Querer é a prova real do ditado. Na trama, Cibele (Bruna Linzmeyer), decidida a se vingar de seu ex-noivo, Ruy (Fiuk), fez um ensaio de fotos utilizando o vestido de noiva que seria do seu casamento, mas todo grafitado com promessas. Em janeiro deste ano, uma professora do Espírito Santo fez o mesmo: escreveu no traje branco as juras ouvidas do ex-companheiro e posou para as câmeras em uma praia.

Na novela de Gloria Perez, Cibele é abandonada por Ruy, que decide ficar com Ritinha (Ísis Valverde). A personagem de Bruna Linzmeyer, ainda no capítulo de segunda, divulga um vídeo — assistido pelo ex-noivo — gravado na praia onde aconteceria o casamento. Ela conta que estava grávida, que foi abandonada por Ruy e que "perdeu" o filho que esperava.

Já na vida real, a professora Josiane Manhães, 36 anos, que mora no Espírito Santo, foi traída pelo marido dois meses depois das juras de amor eterno. E ela também não deixou barato: pegou um vestido de noiva, escreveu nele as promessas que ouviu e fez um ensaio fotográfico na Praia dos Padres, em Guarapari.

(Foto: )

Leia mais

Michele Vaz Pradella: "Caminhos das protagonistas se cruzam em 'A Força do Querer'"

"A Força do Querer": filho de Ritinha nasce com marca que pode identificar quem é o pai

"A Força do Querer": Ritinha convida Jeiza para ser madrinha de seu bebê

Ao G1, Josiane contou que está se divertindo com a atitude da personagem de A Força do Querer.

— Eu estou me sentindo lisonjeada. Afinal de contas, eu fui inspiração de uma cena de novela de Glória Perez. Todo mundo que me conhece sabe que foi tudo ideia minha, então foi inspirado em mim, o grafite está igual — contou ao site.

(Foto: )

Na época, as fotos repercutiram rapidamente nas redes sociais. A professora contou que havia casado com um homem que conhecia havia 11 anos e que era seu melhor amigo.

"Casei rápido por um questão religiosa dele! Estabelecemos um relacionamento a distância, totalmente baseado na confiança mútua que tínhamos. Mesmo com um casamento perfeito, ele me traiu com dois meses de casamento. Resumo: Ele foi rápido em me trair e eu rápida em me divorciar", escreveu Josiane, alertando que estava divorciada, mas não disponível", disse.

(Foto: )

Leia mais notícias

Colunistas