nsc
    dc

    Educação

    Volta às aulas: governo de SC suspende retorno em áreas com risco grave para Covid-19

    Normativa foi atualizada nesta sexta-feira (13) e cumpre decisão do Tribunal de Justiça

    14/11/2020 - 10h29 - Atualizada em: 14/11/2020 - 10h31

    Compartilhe

    Por Ângela Prestes
    TJSC determinou o fechamento das escolas nas regiões de risco grave na última terça-feira
    TJSC determinou o fechamento das escolas nas regiões de risco grave na última terça-feira
    (Foto: )

    As escolas localizadas nas regiões de cor laranja, no mapa de risco para Covid-19, não terão mais atividades de apoio pedagógico presencial. As aulas seguem mantidas nas redes públicas e privadas das regiões com risco moderado (cor azul) ou alto (cor amarela). A suspensão foi oficializada por meio da Portaria SES nº 875, publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (13).

    O governo cumpre decisão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), que determinou o fechamento das escolas nas regiões de risco grave, na última terça-feira (10). No documento, foi citada a prorrogação do decreto de calamidade pública e o aumento do número de casos confirmados da doença no estado. 

    > SC se aproxima de 16 mil casos ativos de coronavírus e registra o número mais crítico da pandemia

    A volta dos alunos e professores às escolas estaduais ocorre de forma gradual e escalonada por série desde a última quinzena de outubro, respeitando os protocolos sanitários, as avaliações por parte dos municípios, das escolas e a liberdade de escolha dos pais, que poderão continuar com o modelo remoto implantado desde abril deste ano. O Governo do Estado mantém a exigência de que as escolas obtenham homologação do Plano de Contingência Escolar (PlanCon) junto aos Comitês Municipais, conforme estabelecido na Portaria Conjunta SED/SES/DCSC nº 750.

    > Entenda o que está liberado e proibido em cada região de SC

    Agravamento da pandemia

    Na última atualização do mapa de risco para o coronavírus, divulgada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) na última quinta-feira (12), Santa Catarina tem, agora, duas regiões em estado gravíssimo (em vermelho no mapa) - Grande Florianópolis e Xanxerê - uma em risco alto (em amarelo) e 13 regiões em risco potencial grave (em laranja). Não há regiões com risco moderado (azul).

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Educação

    Colunistas