nsc

publicidade

Apresentação

Walter Roese é apresentado como novo treinador do Basquete de Joinville

Técnico com experiência internacional promete reestruturar o esporte no município

21/08/2013 - 09h10 - Atualizada em: 21/08/2013 - 11h49

Compartilhe

Por Redação NSC
 Roese chega ao município com o objetivo de reestruturar o esporte na cidade
Roese chega ao município com o objetivo de reestruturar o esporte na cidade
(Foto: )

Na manhã desta quarta-feira, Walter Roese foi apresentado oficialmente como novo comandante do time de Basquete de Joinville, em coletiva de imprensa realizada no Hotel Blue Tree Towers, no Centro da cidade. Com vasta experiência no basquete nacional e internacional, Roese chega ao município com o objetivo de reestruturar o esporte na cidade.

Atualmente o time de Joinville já anunciou que não participará do Novo Basquete Brasil (NBB) neste ano. No entanto, Roese, habituado a liderar universidades e seleções juvenis, promete encontrar bons jogadores nas categorias de base.

- Quero ajudar na juventude. Quero colaborar para desenvolver atletas. Acredito que temos jogadores com talento, e quero estimular eles para ter orgulho em defender a sua cidade - disse o novo treinador.

Para quem o nome de Walter ainda é desconhecido, talvez seja pelo fato de o ex-atleta gaúcho, e agora treinador, ter passado boa parte da carreira nos EUA. Na terra do Tio Sam foi assistente técnico na NCAA - principal liga universitária de basquete dos Estados Unidos.

Lá passou por BYU, BYU-Havaí, San Diego e Nebraska, conseguiu mais de 100 vitórias, cinco incursões para a pós-temporada e duas vezes foi ao torneio da NCAA (o March Madness). Como treinador liderou a Universidade do Havaí, o Brasil nas Universíades de 2007 ( Tailândia), 2009 (Sérvia) e 2011 (China). Além disso, sagrou-se vice-campeão da Copa América dirigindo a Seleção Brasileira Sub-18, quando o País perdeu dos EUA na decisão por 81 a 78.

Além de anunciar Walter como novo técnico, o presidente do time de Basquete de Joinville, Leonardo Roelser, aproveitou a oportunidade para apresentar a nova estratégia de marketing do time, denominada "Quem será?" e reafirmou o compromisso da Prefeitura e da Felej com o elenco.

- O Basquete de Joinville não acabou. Agradeço o apoio da Prefeitura e da Felej e agradeço especialmente ao Fernando Krelling por fazer parte disso - ressaltou o presidente.

Roelser disse também que a nova estratégia de marketing visa captar um novo patrocinador e, que, o time vai utilizar a camisa com o nome da campanha já no próximo jogo amistoso marcado para este domingo, às 10h30, na Embraco, contra o Caxias do Sul.

Walter Roese diz ter aceitado a proposta principalmente pela qualidade de vida que a cidade proporciona.

- Já conhecia a cidade como jogador, mas não tinha tempo para aproveitá-la. Desde que cheguei gostei muito. É uma cidade boa para estar com a família, além de ser uma cidade apaixonada por basquete - finalizou o comandante.

Deixe seu comentário:

publicidade