publicidade

Navegue por
Augusto

Futebol 

Marcelo Mabília não é mais técnico do Metropolitano

Compartilhe

Por Augusto Ittner
04/02/2019 - 12h20 - Atualizada em: 04/02/2019 - 13h38
Treinador que conquistou a Série B em 2018 deixa o clube sem vencer na elite do Catarinense
Treinador que conquistou a Série B em 2018 deixa o clube sem vencer na elite do Catarinense

* Por Jean Laurindo

O Metropolitano confirmou na manhã desta segunda-feira a saída do técnico Marcelo Mabília. A definição ocorreu após reunião na manhã desta segunda-feira. A demissão já era dada como certa desde o fim da partida deste domingo, quando o Metrô perdeu em casa para o Marcílio Dias por 2 a 1, tomando o gol da derrota aos 48 minutos do segundo tempo. Mabília (que é o único comandante campeão com o Verdão de Blumenau, ele conquistou o título da Série B do Estadual em 2018) deixa o clube após três derrotas e três empates no Catarinense deste ano.

O nome do substituto ainda não foi definido, mas Abel Ribeiro, que chegou a se reunir com a diretoria na última semana, seria a primeira opção. Mauro Ovelha, que chegou a comandar o clube em 2017, também está no radar. O presidente do Metropolitano, Valdair Matias, afirma que a definição deve sair até a manhã desta terça-feira.

Até a definição do novo treinador, o auxiliar Isaque Pereira deve comandar os trabalhos nesta segunda-feira.

O presidente do clube avalia que, pelo fato de a mudança ter ocorrido em uma semana sem jogo na quarta-feira – o próximo compromisso do clube é no sábado, quando enfrenta o Criciúma, no Sul do Estado – isso pode dar tempo para o novo treinador conhecer o grupo e trabalhar com o elenco. Sobre a saída de Mabília, ele disse que a diretoria já estudava a demissão desde a derrota para o Hercílio Luz, mas que o empate fora de casa contra o líder Figueirense deu uma sobrevida ao trabalho do treinador.

A situação voltou a ficar complicada no domingo, depois da derrota para o Marcílio Dias. Em entrevista após a partida, Mabília chegou a afirmar que o que foi entregue a ele não teria sido o prometido anteriormente pela diretoria e questionou dificuldades como atrasos salariais, que segundo ele atingiram até mesmo a comissão técnica. Também depois do jogo o presidente alegou que a folha do elenco foi colocada em dia na sexta-feira e que a diretoria busca melhorar a situação financeira do clube.

Deixe seu comentário:

Augusto Ittner

Augusto Ittner

Augusto Ittner

Opinião, análise e memória. Direto ao ponto, aborda o cenário esportivo do Vale do Itajaí. Com destaque para Metropolitano e BEC, traz de maneira exclusiva os bastidores do futebol em Blumenau e região.

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação