nsc
    nsc

    Troca troca

    A dança dos técnicos no futebol brasileiro

    Compartilhe

    Roberto
    Por Roberto Alves
    08/10/2020 - 18h15 - Atualizada em: 08/10/2020 - 18h42
    Roberto Cavaldo, treinador do Criciúma, foi demitido
    Roberto Cavaldo, treinador do Criciúma, foi demitido (Foto: Celso da Luz/ www.criciuma.com.br)

    Demorou, mas aconteceu. Nem a amizade do técnico Roberto Cavalo com o presidente Jaime Dal Farra o segurou no cargo de técnico do clube do Sul do Estado, Criciúma.  O mau futebol, as campanhas a partir do estadual, a queda para a terceira divisão do brasileiro, os últimos resultados e a pressão da torcida derrubaram Roberto Cavalo do comando do Tigre nesta quarta-feira (7).

    Roberto Cavalo foi vitorioso quando jogador do Criciúma

    No futebol os resultados determinam a sua permanência ou sua saída no comando de um time. O Tigre vinha acumulando maus resultados e não agiu diferente da cultura  brasileira. 

    O que discordo em relação ao profissional é que ninguém pode tirar dele os serviços prestados e os títulos conquistados quando atleta do clube. Um segmento da torcida criciumense ignorou isso quando queimou a bandeira com a foto do ex-jogador, tentando apagar seu nome da histária do clube e do futebol da cidade. 

    Ele tem o maior título de clubes catarinenses, a Copa do Brasil, conquistada em 1991. Roberto Cavalo por onde passou, como jogador ou técnico, representou o nome da cidade, que nem é sua terra natal. Wilsão, William Hauptmann e Evandro Guimarães também saem com Roberto Cavalo.

    Novo Técnico do Tigre também é ex-jogador

    Apresentação do novo técnico do Criúma, Itamar Schülle
    Itamar Schülle treinou o Tigre nos anos de 2009 e 2010
    (Foto: )

    Itamar Schulle, também ex-atleta, foi apresentado oficialmente no Criciúma nesta quinta-feira (8). Ele já foi campeão dirigindo o Operário de Ponta Grossa, fez um grande campeonato gaúcho quando no Novo Hamburgo e foi um dos primeiros técnicos do Cuiabá. Tem identificação com o futebol catarinense porque chegou a ser atleta do Avaí. Em 1992, estava na equipe do Brusque que sagrou-se campeã estadual.

    Ao virar técnico, trabalhou no Joinville, Figueirense, Metropolitano, entre outros em Santa Catarina. Itamar Schulle é catarinense de Ituporanga.

    Novidade time adversário do Avaí

    O Leão da Ilha quando enfrentar no próximo sábado (10) o Vitória, no Barracão, em Salvador, vai encontrar o rubro-negro de técnico novo. Eduardo Barroca foi contratado para estrear exatamente no final de semana. Bruno Pivetti foi demitido por conta dos últimos resultados.

    Avaí anuncia novo reforço para o ataque na sequência da Série B

    Mal entendido entre Avai e Chape

    Geninho, técnico do Avaí, em entrevista coletiva
    Geninho, técnico do Avaí, em entrevista coletiva
    (Foto: )

    Não foi bem recebida na região Oeste de Santa Catarina a declaração do técnico Geninho do Avaí após a vitória de terça-feira em cima do Brasil de Pelotas, na Ressacada, por 2 a 1. Diante de tantas críticas pela forma como vem jogando, Geninho simplesmente disse que a Chapecoense joga da mesma forma que seu time e ninguém critica.

    VÍDEO: Com gol de bicicleta, Avaí vence Nacional-AM e avança na Copa do Brasil Sub-20

    Pura bobagem, pois é nada mais do que uma verdade. Geninho simplesmente registrou e não criticou a Chapecoense. Está todo mundo muito sensível.

    Figueiresente precisa de reforços?

    Partida entre CSA e Figueirense em Maceió
    Partida entre CSA e Figueirense em Maceió
    (Foto: )

    Frase de Elano após a derrota para o CSA em Maceió: “Noite muito triste para nós. O CSA mereceu vencer”. O técnico do Figueirense voltou a insistir em reforços, passando a impressão de que deste grupo não consegue tirar mais do que está tirando.

    Goleiro e mais três jogadores do Figueirense testam positivo para coronavírus

    O troca troca de técnicos continua

    Ricardo Catalá, técnico do Guarani de Campinas, durou 40 dias no cargo. Bastou perder para a rival Ponte Preta no derby campineiro que recebeu o bilhete azul.

    Reivindicação bairrista

    Diante de tantos elogios desde quando Jean Martim virou titular do Avaí, o pessoal de Tubarão liga para a coluna lembrando que o atleta é natural da cidade do Sul do Estado. Além dele, Renan Bressan, um dos principais jogadores do Paraná, que disputa a Série B do Brasileiro, também é.

    Torcedor pode ou não pode ir no estádio?

    Torcedores de partida no estádio Rei Pelé
    Torcedores de partida no estádio Rei Pelé
    (Foto: )

    Essa história de que está proibida a presença de torcedores nos estádios de futebol não está sendo respeitada. Pelo menos, no nordeste estão dando um jeitinho de burlar a determinação. Vejam no registro as sociais do estádio Rei Pelé, em Maceió, na última semana. Não, não são dirigentes. No jogo do Figueirense, na terça-feira (6) à noite, Elano chegou a discutir com um torcedor que estava também nas sociais.

    Ministério da Saúde dá aval para CBF liberar volta do torcedor ao estádio

    Bastidores do Comitê Olímpico Brasileiro

    O catarinense Rafael Westruph, presidente da Confederação Brasileira de Tênis foi derrotado na eleição para a presidência do Comitê Olímpico Brasileiro.

    Relembre: Comitê Olímpico Brasileiro apresenta os uniformes para os Jogos de Londres

    O atual presidente foi reconduzido por mais seis anos. Usando a frase do saudoso jornalista Manoel de Menezes "O que dizem eu não afirmo", os bastidores da eleição estiveram perto de um incêndio. Muito quente.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas