nsc
    dc

    TRE

    42 mil eleitores podem ter o título cancelado em Santa Catarina

    Justiça eleitoral orienta que os faltosos das últimas três eleições regularizem a situação até o dia 2 de maio

    02/03/2017 - 04h25 - Atualizada em: 02/03/2017 - 12h43

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    (Foto: )

    Cerca de 42 mil eleitores que não votaram e não justificaram a ausência nas últimas três votações poderão ter o título cancelado em Santa Catarina. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) orienta que os eleitores irregulares procurem o cartório mais próximo para normalizar a situação até o dia 2 de maio. A lista completa dos faltosos pode ser consultada no site do TRE.

    Caso o eleitor nessa situação não possa comparecer pessoalmente ao tribunal, ele deve solicitar que um terceiro, portando cópia do documento de identidade do eleitor faltoso, vá até um cartório e quite todas as multas pendentes ou justifique a ausência às urnas. A guia das multas referentes aos débitos deve ser emitida no site do TSE.

    Os eleitores que estão em Balneário Camboriú, Biguaçu, Blumenau, Brusque, Florianópolis, Jaraguá do Sul, Joinville, Palhoça, Santo Amaro da Imperatriz ou São José podem agendar o atendimento e agilizar o processo.

    Penalidades do eleitor com o título cancelado

    O eleitor que tiver o título cancelado ou suspenso não poderá votar até regularizar a situação. Sem quitação com a Justiça Eleitoral, não é possível retirar passaporte, carteira de identidade, inscrever-se em concursos públicos e matricular-se em instituições públicas de ensino.

    Leia também:

    Santa Catarina tem 29 municípios com mais eleitores do que moradores

    Partido da Mulher é punido por não promover participação feminina na política

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas