nsc

Futebol CBN Diário

De virada, Avaí vence o Paraná por 2 a 1 pela Série B

Gol contra, em falta cobrada pelo estreante Edílson, garantiu a vitória azurra

13/11/2020 - 16h44 - Atualizada em: 13/11/2020 - 21h06

Compartilhe

Por Márcio Serafini
Avaí e Paraná jogam nesta sexta-feira na Ressacada
Avaí,d e Betão, venceu o Paraná nesta sexta-feira na Ressacada
(Foto: )

Missão cumprida no confronto direto da sexta-feira 13. O Avaí venceu o Paraná, de virada, por 2 a 1, na noite desta sexta-feira (13), na Ressacada, pela ação da Série B. do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, ultrapassou um adversário direto e chegou à sétima colocação, com 30 pontos. Está a quatro pontos do G-4, mas o quarto colocado (Juventude) joga neste sábado contra o Sampaio Corrêa (sexto, com 31). Outro resultado desta sexta foi bom para o Avaí: a Ponte Preta (quinta colocada, com 32) ficou no 1 a 1 com o Brasil-Pe.

> NSC anuncia novidades em rádios: CBN Diário chega ao FM e CBN estreia em Joinville

O Avaí praticamente começou atrás no placar. Logo aos quatro minutos, o experiente meia Renan Bressan chutou da meia lua da grande área, no ângulo: 1 a 0 para o Paraná.

Apesar da posse de bola maior do Avaí, quem quase ampliou foi o Paraná. Higor Meritão acertou a trave, em mais um chute de fora da área.

O Avaí empatou aos 47 minutos. Rômulo, pelo lado direito da intermediária, viu Alisson adiantado e arriscou por cobertura. Um golaço para empatar o jogo. Na saída para o intervalo, o atacante comentou para o Premiere o segundo gol dele na Série B:

- Pude perceber o goleiro um pouco adiantado e fui muito feliz no chute. O Geninho e o Evando vêm pedindo para a gente arriscar de fora.

> Jorginho é novo técnico do Figueirense para sequência da Série B

O gol da virada começou nos pés do reestreante Edílson. O lateral-direito cobrou falta pelo lado esquerdo. O zagueiro Philipe Maia cabeceou contra o próprio gol. Aos 25 minutos, o Avaí passava à frente – e sem ter chutado uma vez sequer ao gol na etapa final.

- Sempre bom estrear com vitória. A gente tem que mirar lá em cima. A bola parada em direção ao gol sempre foi um ponto forte, em jogos truncados como os da Série B muitos gols saem assim - vibrou Edílson, em entrevista à assessoria de comunicação do Avaí.

Edilson comemora o segundo gol do Avaí
Gol da vitória saiu da cobrança de falta de Edilson
(Foto: )

O resultado estava bom demais para um time cheio de desfalques por lesões (Iury, Luan Silva, Renatinho, Renato e Getúlio), suspensão (Valdívia) e covid-19 (Pedro Castro, Ronaldo, Gastón Rodriguez, Rafael Pereira e Zé Marcos). Assim, o Avaí tratou de segurar o resultado. 

Na melhor chance paranista, aos 39, Lucas Frigeri espalmou em chute de Guilherme Biteco e evitou o empate. Aos 50, o goleiro azurra voltou a brilhar em chute de Bruno Gomes.

O Avaí volta a campo na próxima sexta-feira (20), às 16h30, contra o Confiança, na Ressacada.

Ficha técnica

AVAÍ: Lucas Frigeri; Edílson, Betão, Alan Costa e João Lucas; Ralf, Jean (Airton) e Leandrinho; Vinícius Jaú (Adryan), Rômulo e Jonathan (Rildo). Técnico Geninho

PARANÁ: Alisson; Paulo Henrique, Philipe Maia, Salazar e Jean; Jhony Douglas (Bruno Gomes), Karl (Gabriel Pires), Higor Meritão e Renan Bressan (Wandson); Thiago Alves (Guilherme Biteco) e Léo Castro (Bruno Xavier). Técnico: Rogério Micale

Gols: Renan Bressan, aos 4min, e Rômulo, aos 47min, no primeiro tempo; Philipe Maia (contra), aos 25min, no segundo.

Árbitro: Andrey da Silva e Silva, auxiliado por Luis Diego Nascimento Lopes e Bárbara Roberta da Costa Loiola (trio do Pará).

Local: Ressacada

Entrevista coletiva

Confira a avaliação do técnico Geninho após a partida:

Leia também:

> Avaí encara o Paraná pela Série B em noite de reestreia de Edilson

> Zagueiros testam positivo para coronavírus e Avaí soma cinco casos ativos

> Regularizado, Edilson deve reestrear pelo Avaí diante do Paraná

Colunistas