Casa do Tricolor, a Arena do Grêmio está há mais de um mês sem receber jogos, devido à enchente do Rio Grande do Sul. O estádio e a área em seu redor esteve alagado por dias, e atualmente, apesar de não estar mais tomado por água, não tem nenhuma condição de sediar partidas. O vice-presidente do clube, Antônio Brum, falou sobre o processo da recuperação da Arena e estimou um prazo para o time voltar a jogar em casa em entrevista à CBN Floripa nesta terça-feira (28).

Continua depois da publicidade

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

— Infelizmente é uma recuperação demorada. A Arena foi muito atingida, o seu gramado ficou submerso em água por muitos dias. A questão dos vestiários, zona mista, toda aquela parte que está no mesmo nível dos gramados. Não foi possível ainda acertar completamente, para mensurar os danos, mas vindo das palavras do presidente a gente imagina que em menos de 90 dias podemos voltar para a Arena — afirmou o vice-presidente do Grêmio Antônio Brum, em entrevista à CBN Floripa.

Por enquanto, o Grêmio mandará seus próximos três jogos, pelo Brasileirão e pela Copa Libertadores, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR). A partida contra o Botafogo, que será válida pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro em 16 de junho, está programada para acontecer no estádio Alfredo Jaconi, do Juventude, em Caxias do Sul (RS).

Continua depois da publicidade

O estádio Alfredo Jaconi não foi diretamente afetado pelas enchentes, e tem condições de receber partidas. O Grêmio ainda conversa com o Botafogo e tenta inverter o mando da partida, para jogar no Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).

Sem a Arena do Grêmio disponível nos próximos três meses (de maneira estimada), o clube não descarta trazer jogos do Tricolor para Santa Catarina. O estado é um polo de gremistas, e vários clubes catarinenses já colocaram a disposição seus estádios para o clube gaúcho, como o Heriberto Hülse do Criciúma, que já vai sediar uma partida do Internacional, além do Orlando Scarpelli do Figueirense, em Florianópolis, e a Arena do Joinville, do JEC.

— Não está descartado no Campeonato brasileiro levar o jogo aí para nossa querida Santa Catarina. Em Florianópolis, Joinville, e Criciúma — disse Brum.

Veja fotos de como ficou a Arena do Grêmio:

Continua depois da publicidade

*Lia Capella é estagiária sob supervisão de Diogo Maçaneiro

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC.

Destaques do NSC Total