O Metropolitano confirmou nesta terça-feira (9) a contratação do jovem atacante João Maranhão, de 21 anos, que vem do Botafogo. O atleta — que chegou a rodar pelo time profissional do clube carioca — desembarca em Blumenau para a disputa da Série B do Catarinense 2023.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Maranhão estava no Botafogo desde o ano passado e, antes disso, chegou a passar por Cabofriense e Bangu. Neste ano ele fazia parte do elenco botafoguense que disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior e chegou a marcar um golaço contra o São Carlos-SP (assista abaixo).

Contratações para a Série B

A contratação de João Maranhão é a 16ª anunciada pelo Metropolitano para a Série B do Catarinense. Além dele, o clube já havia confirmado também a vinda do experiente lateral-direito Luís Ricardo (ex-Botafogo e São Paulo), de 39 anos. Confira abaixo todos os atletas fechados com o Verdão para a Segundona de SC:

  • João Maranhão, atacante, 21 anos
  • Mateus Jorge, atacante, 25 anos
  • Valtinho, atacante, 28 anos
  • Francis Campos, atacante, 28 anos
  • Alexandre Melo, lateral, 24 anos
  • Tiago Santana, zagueiro, 24 anos
  • Henrique, goleiro, 23 anos
  • Marcos Souza, zagueiro, 23 anos
  • Vitor Xavier, atacante, 29 anos
  • Emerson Silva, meio-campo, 26 anos
  • Paulinho Dias, volante, 34 anos
  • Marcelinho, atacante, 33 anos
  • Júlio, volante, 33 anos
  • Moisés Dallazen, volante, 32 anos
  • Luiz Henrique, goleiro, 26 anos
  • Luis Ricardo, lateral, 39 anos

Continua depois da publicidade

A Série B do Catarinense em 2023

A estreia do Metropolitano na Série B do Catarinense ocorre em 4 de junho, contra o Santa Catarina de Rio do Sul, na Baixada, em Ibirama. O jogo é válido pela segunda rodada, já que o Verdão folga na primeira.

Nove clubes disputam a Série B. Além do Verdão, tentarão o acesso Nação (Joinville), Carlos Renaux (Brusque), Internacional (Lages), Juventus (Jaraguá do Sul), Santa Catarina (Rio do Sul), Caçador, Caravaggio (Nova Veneza) e Guarani (Palhoça). 

Todos jogam contra todos em turno único, com os oito primeiros se classificando para as quartas de final. O último colocado e único que não se classificar para o mata-mata é, também, o único rebaixado à Série C do Catarinense em 2024.

Dois sobem à elite do futebol catarinense.

Destaques do NSC Total