O Bluvôlei venceu o Brasília por 3 sets a 2, com parciais 31/29, 19/25, 25/19, 18/25 e 15/9, na noite da última segunda-feira (27), pela 4ª rodada da Superliga Feminina de Vôlei.

Continua depois da publicidade

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

Qual o saldo do “futebol catarinense” com o final da temporada 2023

Essa foi a segunda vitória da equipe catarinense na competição. Com o resultado, o Bluvôlei subiu para a 7ª colocação com cinco pontos. Já o Brasília pontuou pela primeira vez no campeonato.

Continua depois da publicidade

O primeiro set começou com um ace do Bluvôlei, mas seguiu até o final sendo ponto a ponto, com, no máximo dois pontos de vantagem até a primeira metade. Quando o Brasília abriu três (16 a 13), o técnico Rogério Portela, do Bluvôlei, pediu o primeiro tempo técnico da partida.

A pausa recolocou o time catarinense no jogo, que empatou em 16 a 16, e o jogo voltou a ficar ponto a ponto. Quando o Bluvôlei virou para 18 a 17, foi a vez do Angelo Vercesi, técnico do Brasília, pedir o tempo técnico.

Na volta, novamente foi muito equilibrado. Mas Angelo voltou a pedir a pausa após o Bluvôlei abrir 22 a 19 e deu certo. O Brasília chegou a 22 a 21, e Rogério voltou a pedir tempo técnico.

Continua depois da publicidade

Depois da pausa, o equilíbrio se manteve, ninguém queria ceder o set e ambas equipes tiveram o set point mais de uma vez para cravar. O primeiro set terminou como começou, com ace para o Bluvôlei: 31/29.

A partida voltou com o mesmo nível de disputa, mas com o Brasília aproveitando melhor as oportunidades e sendo levemente superior.

A primeira grande vantagem foi de três pontos, quando o Brasília abriu 13 a 10 e forçou o tempo técnico do Bluvôlei. A vantagem do Brasília seguiu até 16 a 13, mas o time da casa consegiu empatar e forçar Angelo a pedir tempo técnico.

Na volta, o Brasília abriu três pontos de vantagem novamente, aproveitou as falhas individuais do Bluvôlei e fechou o segundo set em 19/25. No terceiro set, o Bluvôlei começou melhor e chegou a abrir cinco pontos de vantagem, com 15 a 10.

Continua depois da publicidade

Contudo, Brasília voltou ao jogo e chegou a diminuir para um ponto, 18 a 17, mas desperdiçou a arrancada com um saque para fora e o Bluvôlei seguiu na caminhada para fechar o set em 25/19.

No quarto set, o Bluvôlei abriu 6 a 0 no início da parcial pela primeira vez no jogo, forçando tempo técnico do Brasília. A pausa deu certo, o Brasília reagiu e, primeiro, empatou com o Bluvôlei em 7 a 7, depois conseguiu uma grande arrancada e chegou a abrir seis pontos de vantagem com 18 a 12.

Abalado com a queda brusca durante a partida, o Bluvôlei não conseguiu a reação e perdeu o quarto set para o Brasília por 18/25.

No tie-break, o Brasília começou abrindo 2 a 0, mas logo na sequência o Bluvôlei empatou para não dar brecha para o adversário, e a partida ficou ponto a ponto, como no primeiro set.

Continua depois da publicidade

O Bluvôlei abriu quatro pontos de vantagem, com 11 a 7, e fez a manutenção do placar para fechar o tie-break em 15/9.

A próxima partida do Bluvôlei será contra o Maringá no dia 1° de dezembro, às 19h30 (de Brasília), no Paraná, pela quinta rodada da Superliga Feminina. No mesmo dia, mas às 18h30, o Brasília recebe o São Caetano.

Assista também

Destaques do NSC Total