nsc

publicidade

Dinheiro 

Caixa abre nos finais de semana para liberar recursos do FGTS e  do PIS

Confirmação é do presidente da instituição Pedro Guimarães em Florianópolis  

19/07/2019 - 14h56 - Atualizada em: 20/07/2019 - 00h05

Compartilhe

Por Redação CBN Diário
Caminhão fica na Capital até dia 26
Caminhão da Caixa fica até 26 no Largo da Catedral para renegociar dívidas
(Foto: )

As agências da Caixa Econômica Federal vão abrir sábados e domingos, como já aconteceu no governo anterior, para permitir o saque de recursos do PIS e do FGTS por 110 milhões de trabalhadores de todo país. A informação é do presidente do banco, Pedro Guimarães, que veio a Florianópolis anunciar novas linhas de refinanciamento e desconto em linhas de créditos.

— Aguardo ainda a definição desta liberação pelo meu chefe, o ministro da Economia Paulo Guedes, que deve realizar o anúncio das regras na semana que vem, mas vamos abrir as agências para atender os 110 milhões de brasileiros aos sábados e domingos, provavelmente começando pela liberação do PIS — afirmou Pedro Guimarães. O início do horário extra aos finais de semana ainda não tem a data definida.

Guimarães está na Capital catarinense para o anúncio de novas linhas de financiamento e estimular a renegociação de 40 mil clientes que estão com nome sujo na praça por causa de dívidas não pagas junto ao banco.

Desse total, 22 mil clientes se localizam em Florianópolis e região. Ele também visita Balneário Camboriú e Joinville até domingo, num cronograma de visitas que percorre todo o país.

- Estamos abertos a renegociações principalmente para evitar que 600 mil famílias percam suas casas por dívidas, e já conseguimos recuperar o crédito de 80 mil clientes em nível nacional - informou o presidente da CEF.

Para negociar dívidas com a Caixa, o ônibus da instituição que realiza as negociações vai atender em Florianópolis até 26 de julho no Largo da Catedral, das 10 às 16h.

Ouça a reportagem:

Sobre os novos produtos, são oferecidas taxas especiais para a contratação de crédito pessoa física e pessoa jurídica, além de vantagens nos segmentos de habitação e infraestrutura. As condições são válidas por 30 dias, a partir do início da visita do presidente da CEF.

Para as micro e pequenas empresas, a Caixa vai oferecer desconto de 30% durante um ano no cheque especial.

Na área de crédito também foi anunciada a redução da taxa de juros da linha de Financiamento de Máquinas de 2,15% a.m. para 1,50% a.m., com até seis meses de carência e prazo total de 60 meses; taxas de 0,83% a.m. para operações com recursos do PIS, com isenção de IOF e prazo de 24 meses; queda de 1,6 ponto percentual para desconto de cheques, com diminuição da taxa de 2,99% a.m. para 1,39% a.m.; entre outras vantagens.

Os clientes tipo Pessoa Física terão taxas reduzidas nos principais convênios de consignado da região, além de descontos em convênios nacionais. As vantagens também incluem taxas a partir de 1,18% a.m. para retenção e prospecção de portabilidade do consignado.

Para crédito pessoal, são oferecidas taxas a partir de 0,99% a.m.; redução na linha Crédito Imóvel Próprio, que terá taxa disponível a partir de 1,18% a.m.; e taxas especiais para renegociação de penhor. O Seguro Residencial terá desconto aplicado diretamente nas taxas e os consórcios terão desconto de 15% na taxa de administração.

Para o segmento de habitação, a análise de conformidade da contratação e da liberação de recursos ao vendedor após o registro será realizada no mesmo dia, beneficiando tanto o comprador quanto o vendedor do imóvel. O tempo de avaliação de imóveis SBPE cairá de seis para três dias e a avaliação de empreendimentos dessa mesma linha será realizada em 20 dias.

Deixe seu comentário:

publicidade