nsc

publicidade

Primeiro

Catarinense Darlan Romani é ouro no arremesso de peso nos Jogos Mundiais Militares 

Velocistas brasileiros sobem ao pódio nos 100m masculino e feminino no evento chinês 

22/10/2019 - 23h08

Compartilhe

Por Redação NSC
Catarinense de 28 anos conquistou o bicampeonato com recorde na competição
Catarinense de 28 anos conquistou o bicampeonato com recorde na competição
(Foto: )

O catarinense Darlan Romani venceu nesta terça-feira (22) a prova do arremesso do peso dos 7° Jogos Mundiais Militares, em Wuhan, na China. O brasileiro de 28 anos, quarto colocado no Mundial de atletismo de Doha, no Catar, conquistou a medalha de ouro com a marca de 22m36cm, recorde do campeonato.

O atleta é bicampeão do evento. Darlan superou o polonês Korand Bukowiecki, segundo colocado com 21m84cm, e Bob Bertemes, de Luxemburgo, com 20m66cm. O desempenho ratifica a boa temporada do atleta.

Darlan, que já superou o índice olímpico para os Jogos de Tóquio 2020 em diferentes competições, voltou a arremessar acima da marca mínima exigida pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), que é de 21m10cm.

Os três primeiros colocados bateram o recorde da competição, de 20m39cm, que pertencia ao italiano Paolo Dal Soglio, na Croácia, há 20 anos.

Além de Darlan Romani, outros três brasileiros foram ao pódio no Estádio Five Rings Sports Center. Paulo André de Oliveira e Rosangela Santos ficaram com a prata nos 100m, e Vitória Rosa garantiu o bronze na mesma prova.

Nos 100m feminino, o ouro foi para a França, com Carolle Zahi cravando 11s36. Rosângela Santos chegou apenas três centésimos atrás (11s39), trazendo colada Vitória Rosa, que marcou 11s40.

O torneio de atletismo do Mundial Militar vai até domingo (27).

Deixe seu comentário:

publicidade