nsc

Futebol

CBF divulga tabela do Brasileirão, que terá limite para troca de técnicos

Campeonato de 2021 terá Central do VAR, que também será utilizada na Copa do Brasil a partir das oitavas

25/03/2021 - 07h08 - Atualizada em: 26/03/2021 - 19h27

Compartilhe

Leandro
Por Leandro Lessa
Taça Campeonato Brasileiro Série A
Série A está previsto para começar no fim de semana de 29 de maio
(Foto: )

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a tabela do Campeonato Brasileiro 2021. Datas e horários ainda não foram definidos. A primeira rodada terá Flamengo x Palmeiras, que são os últimos campeões brasileiros e da Libertadores. 

> Clique aqui e receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

A competição de pontos corridos tem previsão de começar no fim de semana de 29 de maio, e encerramento marcado para 5 de dezembro. Único catarinense na Série A, a Chapecoense estreia em casa contra o RB Bragantino.   

Primeira rodada do Brasielirão 2021 

Flamengo x Palmeiras Chapecoense x Red Bull Bragantino São Paulo x Fluminense Ceará x Grêmio Internacional x Sport Corinthians x Atlético-GO Bahia x Santos Atlético-MG x Fortaleza Athletico x América-MG Cuiabá x Juventude

O Brasileirão deste ano terá novidades, como o fim da troca constante no comando dos times. Cada clube só poderá demitir o treinador uma vez. O técnico que pedir demissão pela segunda vez não poderá mais ocupar o cargo em outro time da Série A neste ano.

> Faraco: Avaí e Criciúma não podem reclamar da CBF

> Faraco: Juiz nega liminar e pede mais documentos ao Figueirense para processo de recuperação judicial

Já a equipe que demitir o treinador pela segunda vez só poderá colocar no posto um profissional que seja funcionário da casa - um treinador da bae ou um auxiliar técnico, por exemplo - que tenha, no mínimo, seis meses de vínculo com o clube. 

A CBF também anunciou que haverá uma Central do VAR, montada na sede da entidade, no Rio de Janeiro. A unidade também será usada para jogos da Copa do Brasil, a partir das oitavas de final. As cinco substituições de jogadores serão mantidas.   

Colunistas