nsc
    dc

    Mais exigente

    CBF pretende reduzir contingente de árbitros nas Séries A e B

    Ideia é qualificar os homens do apito que restarem na lista

    13/12/2016 - 05h40 - Atualizada em: 13/12/2016 - 05h41

    Compartilhe

    Por Lancepress
    Raphael Claus foi eleito o melhor árbitro do Brasileirão
    Raphael Claus foi eleito o melhor árbitro do Brasileirão
    (Foto: )

    A Comissão de Arbitragem da CBF quer usar uma espécie de "tropa de elite" nas competições de 2017. O contingente de árbitros será reduzido para que entrem em ação com mais frequência aqueles que a entidade identificar como mais preparados, restringindo o leque nos sorteios.

    — Estamos criando um novo ranqueamento. Vamos ter 50 árbitros que vão atuar nas Séries A e B. E serão em torno de 60 assistentes. Vamos ter um grupo menor para analisar, acompanhar, buscando melhora de atuação. Neste ano, usamos em torno de 80 nas Séries A e B — avisou o presidente da comissão, Coronel Marcos Marinho.

    Leia mais:

    Geromel é eleito pela CBF para seleção do Brasileirão

    Mãe de goleiro da Chape recebe prêmio de Craque da Galera do Brasileirão

    Inter entra com pedido no STJD para reexame do caso Victor Ramos

    O dirigente ressaltou que a "tropa" ainda pode ser reduzida com o desenrolar da temporada.

    — Vamos focar no plano de carreira no início. Vamos procurar usar todos para ver como é o potencial. Aqueles que se derem melhor vão prosseguir. Quem não for, vai ficar. Quem corresponder vai até o final — avisou.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas