nsc
    dc

    Feras no mar

    Começa o Red Nose Pro 15 Florianópolis, etapa WQS com 6.000 pontos

    Competidores iniciam a disputa para se garantir na elite mundial

    20/10/2015 - 08h57 - Atualizada em: 20/10/2015 - 20h29

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    William Cardoso parte para a água
    William Cardoso parte para a água
    (Foto: )

    O Red Nose Pro 15 Florianopolis, etapa de Floripa do WQS que distribui 6 mil pontos para surfistas de 24 países, começou no final da manhã desta terça-feira.

    Com ondas de 1 metro e vento Nordeste, foi feita a chamada para a primeira bateria do dia, pouco depois das11h. Aos poucos, o público começa a chegar à Praia do Santinho, que recebe o evento.

    Ao vivo no Costão do Santinho (em breve será disponibilizado pela organização na tela abaixo):

    A primeira bateria ocorre entre o francês Nomme Mignot, o havaiano Ian Gentil e os brasileiros Caetano Vargas e Marlon Klein. O catarinense Willian Cardoso entra na quarta bateria.

    Os surfistas já estão na praia e aproveitam o bom clima. Além dos ventos, aos poucos o sol começa a aparecer na Praia do Santinho.

    - É muito bom estar aqui. Sou carioca, mas meu pai e minha avó moram aqui no Santinho. Espero por minha bateria na quarta-feira e quero surfar bem aqui - afirma Pedro Henrique, o Pedrinho, que compete por Portugal.

    O começo da competição atrasou por causa da montagem da infraestrutura. A organização trabalhou para finalizar a tempo a instalação da estrutura para arbitragem, sinalização para atletas e sistema tecnológico de avaliação de atletas e identificação de preferência para os surfistas que estão na água.

    - O atraso é devido à chuvarada no RS, que atrasou os materiais. Caíram muitos raios durante a semana. Não dá para trabalhar direito assim. É tudo feito de alumínio - explica o presidente da Federação Catarinense de Surf, Fred Leite.

    Programação

    QS 6000 Red Nose Pro Florianópolis SC

    Quando: De hoje a domingo

    Local: Praia do Santinho, Norte da Ilha de Santa Catarina

    Preço: Grátis

    O que vale

    A etapa de SC inicia a "perna brasileira" de fim de ano da WSL South America, com três provas decisivas na disputa pelas últimas vagas na lista dos 10 indicados para completar a elite dos top-34 da World Surf League em 2016. A segunda ocorre em Itacaré, na Bahia, entre 27 de outubro e 1º de novembro. Entre 2 e 9 de novembro, é realizada a última, em São Sebastião, no litoral norte de São Paulo.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas