nsc

publicidade

Cinema

Conheça os 45 filmes selecionados para o Festival Florianópolis Audiovisual Mercosul, o FAM 2017

Produções de  países serão exibidas em mostras competitivas entre os dias 20 e 25 de junho no Centro de Cultura e Eventos da UFSC 

23/05/2017 - 08h10

Compartilhe

Por Redação NSC
Documentário "Índios no Poder", de Rodrigo Arajeju, está na selação da Mostra de Curtas Mercosul
Documentário "Índios no Poder", de Rodrigo Arajeju, está na selação da Mostra de Curtas Mercosul
(Foto: )

Pioneiro em Santa Catarina e um dos mais longevos festivais de cinema do Brasil, o Florianópolis Audiovisual Mercosul (FAM) divulgou as produções selecionadas para a edição 2017. Serão exibidos 45 filmes de dez países em cinco mostras competitivas. Uma das novidades é a Mostra de Videoclipes. O principal evento de cinema no Estado será realizado de 20 a 25 de junho no Centro de Cultura e Eventos da UFSC, em Florianópolis.

O FAM teve recorde de inscritos este ano. Foram 710 trabalhos, 30 % a mais que no ano passado, de países como o Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Espanha, Paraguai, Peru, Porto Rico e Uruguai. A seleção foi feita por 25 curadores.

Sucesso nos anos 1990, os videoclipes voltaram com vigor nos últimos anos e o gênero acabou ganhando uma mostra exclusiva no festival. Das oito produções selecionadas, metade é estrangeira e dois são catarinenses.

E se a arte é espelho dos anseios sociais, o cinema também reflete problemáticas da contemporaneidade. Nesta 21ª edição do FAM, temáticas que tocam em questões de gênero, da mulher na sociedade e indígenas estão evidentes em muitas produções. Os documentários Precisamos Falar do Assédio, de Paula Sacchetta; e Índios no Poder, de Rodrigo Arajeju (DF), são exemplos.

— Tivemos também a preocupação de trazer diretoras mulheres. É importante que os discursos sejam propagados de diversas bocas — enfatiza a diretora de programação do FAM, Marilha Naccari.

Com o maior número de inscritos, a Mostra de Curtas Mercosul exibe 15 obras, incluindo o vencedor do festival argentino Oberá en Cortos, o documentário Distancia, de Joaquin Pedretti. A conexão com países do Mercosul, aliás, é uma das premissas do FAM, que ao longo dos anos vem sendo uma janela de exibição e lugar propício para a reflexão das várias políticas das plataformas audiovisuais do Brasil e Mercosul. Dos 45 filmes selecionados, 12 são de países latino-americanos.

A programação completa do FAM 2017, incluindo os longas selecionados para a mostra não-competitiva, será divulgada no começo de junho.

Os selecionados:

DOC-FAM

- Abrindo o Armário, de Dario Menezes e Luis Abramo (RJ e SP)

- Artigas, um caminho, de Elaine Tavares (SC)

- Guarnieri, de Francisco Guarnieri (SP)

- Manos Unidas (Argentina, Bolívia, Chile)

- Precisamos Falar do Assédio, Paula Sacchetta (SP)

- Som dos Sinos, de Marina Thomé e Marcia Mansur (MG, SP e RJ)

Mostra de Curtas Catarinense

- Cinco5, de Camila Arriaga Torres (Santa Cruz de la Sierra, Florianópolis, Bogotá, Cocha Bamba, Asunción)

- Espaços Móveis Ruídos, de Bianca Scliar. Documentário(Florianópolis)

- Ilha do Carvão, de Fábio Brüggemann. Documentário (Florianópolis)

- Larfiagem, de Gabi Bresola. Documentário ( Herval do Oeste, Joaçaba, Florianópolis)

- Natália, de Stanley Costa. Drama (Florianópolis)

- O Prometido, de Rodrigo Araujo e Thiago L. Soares. Suspense (Florianópolis)

- Verada de Rio, de Leonardo Lima da Silva. Drama (São José Cerrito)

CONVIDADO: Do que te Lembras Maria?, de Mara Salla. Drama (Palhoça)

Curta Do que te Lembras Maria?, de Mara Salla, é convidado da Mostra de Curtas Catarinenses
Curta Do que te Lembras Maria?, de Mara Salla, é convidado da Mostra de Curtas Catarinenses
(Foto: )

Mostra de Curtas Mercosul

- Al Silencio, de Mariano Cócolo. Ficção (Argentina - Mendoza)

- Animais, de Guilherme Alvernaz. Animação (SP)

- A un día de ayer, de Facundo Forti. Ficção (Buenos Aires)

- Dormidos, de Jorge Fierro. Ficção (Montevidéo)

- Estado Itinerante, de Ana Carolina Soares. Ficção (MG)

- Hasta aquí todo va bien, de Ernesto Lozano Redondo. Ficcção (Bogotá)

- Hospital da Memória, de Pedro Paulo de Andrade. Ficção (SP)

- Iluminadas, de Gabi Saegesser. Documentário (Pernambuco)

- Índios no Poder, de Rodrigo Arajeju. Documentário (Distrito Federal)

- Kurusu Rebelde, de Miguel Aguerro. Ficção (Paraguai - Aregua)

- Ocupação Hotel Cambridge, de Andrea Mendonça. Documentário (SP)

- Piscina, de Leandro Goddinho. Ficção (SP)

- Procura-se Irenice, de Marco Escrivão, Thiago B. Mendonça. Doc. (SP)

- Três Tipos de Medo, de Bruno Bini. Ficção (MT)

Especial Oberá en Cortos: Distancia, de Joaquin Pedretti. Documentário (Argentina e Espanha)

Mostra Infantojuvenil

- Alegria, de Hsu Chien Hsin. Ficcção (RJ)

- Barbante, de Daniel Couto e Samir Hauaji. Ficção (MG)

- Macacada, de Thomas Larson. Animação (SP)

- Meninos e Reis, de Gabriela Romeu. Documentário (SP)

- No Caminho da Escola, de alunos da rede municipal de ensino fundamental de Vitória. Animação (ES)

- O Bruxo do Cosme Velho, de alunos da rede municipal de ensino fundamental de Vitória. Animação (ES)

- Solito, de Eduardo Reis. Animação (Porto Alegre)

- Uma aventura na caatinga, de Laercio Filho. Animação (Paraíba)

Mostra Videoclipe

- Adogás - Skrotes, de Henrique Neumann (Florianópolis)

- Caníbal, Juan Manuel Costa (Argentina e Porto Rico - Córdoba e Unquillo)

- De Cara, Antônio Rossa (Florianópolis)

- Fume River - Ghost, Jonathan Vargas e Juan Felipe Orozco (Colômbia)

- Mapu Kimun, Maria Manzanares (Argentina - Bariloche)

- Relojes, Francisco Marise (Buenos Aires )

- Tagore - Mudo, Fabrício Koltermann (Rio Grande do Sul )

- The Wall¿s Drama, Diego Navarro (Minas Gerais )

Deixe seu comentário:

publicidade