nsc
    dc

    Reflexos no esporte

    Coronavírus: pandemia adia jogos da Seleção, suspende NBA e ameaça UFC

    Propagação do vírus provoca realização de algumas competições sem torcida 

    12/03/2020 - 04h25 - Atualizada em: 12/03/2020 - 20h02

    Compartilhe

    Por Márcio Serafini
    Comunicado da NBA
    Confirmação de caso do francês Rudy Gobert, pivô do Utah Jazz, determinou suspensão da temporada
    (Foto: )

    No dia em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a situação do coronavírus como uma pandemia, os reflexos no esporte se intensificaram pelo mundo.

    Na noite desta quarta-feira (11), a NBA, liga profissional de basquete norte-americana, anunciou a suspensão da temporada, por tempo indeterminado. A decisão foi divulgada depois da confirmação de que o francês Rudy Gobert, pivô do Utah Jazz, está com coronavírus. A partida entre Utah Jazz e Oklahoma City Thunder foi cancelada com os jogadores já em quadra. As delegações ficarão em quarentena até que exames sejam colhidos. As demais partidas da noite foram disputadas, mas a partir desta quinta o campeonato está suspenso.

    Eliminatórias são adiadas

    A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) irá adiar as duas rodadas previstas para março, que abririam as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, segundo informou o site globoesporte.com. O motivo é a grande quantidade de jogadores que viriam da Europa para defender as seleções. Os jogos da Seleção Brasileira, agora adiados, seriam contra a Bolívia, dia 27, no Recife, e Peru, dia 31, em Lima. Ainda não há novas datas.

    Na Europa, algumas partidas foram disputadas com portões fechados nesta quarta. Foi o caso da vitória por 2 a 0 do PSG sobre o Borussia Dortmund, em Paris, que classificou o time de Neymar - autor do primeiro gol - para as quartas de final da Liga dos Campeões. A despeito de a razão das arquibancadas vazias ser evitar aglomerações, torcedores do PSG se reuniram em frente ao estádio para ouvir o jogo e comemorar a vaga.

    Também será sem a presença de público a segunda etapa do Mundial de Fórmula 1, o Grande Prêmio do Bahrein, dia 22. Já a abertura da temporada, no próximo domingo, na Austrália, não teve sua programação alterada.

    UFC

    Em Brasília, está inviabilizada a realização da competição de UFC prevista para este sábado (14) - ao menos, com a presença de público. A capital tem dois casos confirmados de coronavírus. Um decreto publicado nesta quarta-feira pelo governo do Distrito Federal o eventos com mais de 100 pessoas nos próximos cinco dias.

    - Briguei por mais de um ano para trazer o torneio para cá e tive que revogar a autorização - lamentou o governador Ibaneis Rocha (MDB) à Folha de S. Paulo.

    A organização do UFC, em Las Vegas, não informou, até a noite desta quarta, se a etapa brasiliense será cancelada.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas