nsc
    dc

    Não deu

    Criciúma luta, mas acaba derrotado pelo Brasil-RS na Primeira Liga

    Resultado por 2 a 1 eliminou o Tigre da competição 

    14/02/2017 - 20h24 - Atualizada em: 15/02/2017 - 07h36

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    (Foto: )

    Os jovens atletas do Criciúma mostraram muita garra no duelo com o Brasil de Pelotas, na noite desta terça-feira, no Estádio Bento Freitas, no Rio Grande do Sul. Apesar do placar desfavorável de 2 a 1, que eliminou o Tigre da Primeira Liga, os jogadores não se acovardaram e buscaram o jogo o tempo todo. Lembrando que o Tigre entrou em campo com um time misto, por causa do calendário recheado de competições. Amanhã, o Criciúma já volta à ativa, pela Copa do Brasil. O Tricolor encara o Santo André, às 16h, em São Paulo.

    O Tigre começou a partida determinado, pressionando e criando oportunidades. Aos 25 minutos, Hélio Paraíba teve a chance de abrir o marcador. Após cruzamento pela direita, o atacante cabeceou, mas a bola desviou na zaga do time gaúcho e foi para fora. No minuto seguinte, mais uma oportunidade. Cruzamento de Carlos Eduardo pela direita, mas o chute do atleta saiu prensado.

    Jogador sai do banco para marcar

    Apesar de estar melhor na partida, um erro da defesa do Tigre culminou no primeiro gol do Brasil. Carlos Eduardo cabeceou para trás, deixando a bola na pinta para Gustavo Papa chutar e balançar a rede. Papa, que só entrou na primeira etapa porque o companheiro Bruno Lopes deixou o campo lesionado, ainda marcou o segundo gol do Xavante. Aos 41, o atacante cabeceou certeiro para ampliar o marcador.

    Na segunda etapa, o Criciúma ainda deu sinais de reação. Aos 38 minutos, a arbitragem anulou um polêmico gol do Tigre para marcar falta da entrada da área. Mas não foi problema para Carlos Eduardo, que se redimiu do erro na primeira etapa e acertou o ângulo, para marcar o gol de honra da equipe no confronto em Pelotas (RS).

    Ficha técnica

    Brasil de Pelotas (2)

    Carlos Eduardo; Wender, Evaldo, Leandro Camilo, Tiago Silva, Leandro Leite, Galiardo, Juninho (João Afonso), Aloisio (Renan Oliveira), Bruno Lopes (Gustavo Papa) e Jean Silva

    Técnico: Rogério Zimmermann

    Criciúma (1)

    Eduardo; Carlos Eduardo, Nino, Ianson e Chico (Natan); Bessa, Lucas e Eduardo de Biasi (Flávio); Matheus (Alan), Kalil e Hélio Paraíba

    Técnico: Raphael Bahia

    Gols: Gustavo Papa, aos 30 e aos 41 minutos do 1º tempo (B); CArlos Eduardo, aos 40 do 2º tempo (C)

    Cartões amarelos: Eduardo, Hélio Paraíba, Eduardo de Biasi e Chico (C); Galiardo, Evaldo, Renan Oliveira e Leandro Leite (B)

    Arbitragem: Ronei Candido Alves, auxiliado por Marcio Eustaquio Santiago e Marcus Vinicius Gomes (trio de MG)

    Local: Estádio Bento Freitas – Pelotas

    Público total: 2.408

    Renda: R$ 15.750

    Acesse as informações do Criciúma

    Acesse a tabela da Primeira Liga

    (Foto: )

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas