nsc
    santa

    Segurança

    Deap confirma que 28 detentos fugiram do Presídio de Blumenau por um túnel

    Até o momento oito homens foram recapturados

    28/01/2015 - 04h35 - Atualizada em: 28/01/2015 - 14h50

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Por segurança, as visitas foram canceladas nesta quarta-feira
    Por segurança, as visitas foram canceladas nesta quarta-feira
    (Foto: )

    Na madrugada desta quarta-feira 28 detentos fugiram do Presídio Regional de Blumenau. A informação foi confirmada pelo Departamento de Administração Prisional (Deap) de Santa Catarina, que divulgou uma nota oficial na manhã desta quarta.

    Os presos escaparam através de um túnel que foi aberto dentro de uma das celas da Galeria T. A passagem terminava nos fundos do presídio. Até o momento oito homens foram recapturados após rondas na região do Salto Weissbach, onde o presídio está localizado.

    Veja também

    ::: A situação degradante do Presídio de Blumenau

    :: Fuga em Blumenau foi a maior dos últimos 4 anos em SC, conforme Deap

    :: Vizinhos estão habituados com fugas no presídio de Blumenau

    :: Obra do Complexo Penitenciário do Médio Vale, em Blumenau, deve iniciar na próxima semana

    :: Divulgadas lista e fotos dos presos fugitivos do Presídio de Blumenau

    Durante toda a manhã agentes prisionais fizeram uma nova contagem dos detentos. Os policiais também trabalham em uma operação pente-fino nas celas e todo o presídio foi inspecionado. Inicialmente o Deap informou que 26 detentos teriam fugido, mas durante à tarde uma lista de 28 nomes foi divulgada.

    A Corregedoria da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania esteve no local e colhe depoimento dos funcionários. Após todos serem ouvidos, a corregedoria vai tomar os procedimentos administrativos adequados. Por segurança, as visitas foram canceladas.

    Presídio é considerado o pior do Estado

    A última fuga registrada no presídio de Blumenau aconteceu há duas semanas. Identificados como Rafael da Silva e John David Meira, eles renderam um dos vigilantes com uma faca. Como o outro vigilante dormia e o portão estava destrancado, a dupla conseguiu fugir. Os dois detentos, presos por tráfico de drogas, estavam no regime semiaberto e teriam trocado de roupa no ponto de ônibus e embarcado em um Monza, que estava em frente ao presídio.

    O Presídio Regional de Blumenau foi considerado o pior do Estado pelo Departamento de Administração Prisional (Deap) e Tribunal de Justiça do Estado. Em novembro de 2014, a casa de detenção recebeu reforço de nove agentes prisionais. Os 46 agentes de Blumenau, já somados os novos, se revezam em grupos de sete a cada plantão de 24 horas para cuidar das alas masculina e feminina, fazer escoltas e trabalhar no setor administrativo. O presídio e a Defensoria Pública reconhecem que este número teria de, no mínimo, dobrar. Na época, o número de presidiários era de 1.168.

    Confira a trajetória do presídio de Blumenau nos últimos anos:

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas