O Kansas City Chiefs venceu o San Francisco 49ers por 25 a 22 e conquistou o quarto Super Bowl de sua história (1969, 2019, 2022 e 2024). Os Chiefs agora se igualam ao Green Bay Packers e o New York Giants, franquias que também têm a mesma quantidade de troféus.

Continua depois da publicidade

Destaque mais uma vez para Patrick Mahomes, MVP (jogador mais valioso) da partida, que achou um passe quando o cronômetro marcava seis segundos para o fim e proporcionou o touchdown da virada, quando o jogo estava 22 a 19 para o adversário.

Com a conquista, a NFL volta a ter um bicampeão consecutivo desde as temporadas de 2003 e 2004, quando o New England Patriots, de Tom Brady e companhia, levantou o troféu Vince Lombardi por duas temporadas seguidas.

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

Continua depois da publicidade

O jogo teve de tudo. Touchdown, Field Goal, erro de extra point, fumble, interceptação, trick play e muita, mas muita emoção. Durante boa parte a partida foi marcada por ataques tímidos e ambas as defesas prevalecendo.

Os primeiros pontos saíram só no segundo quarto de partida, com um field goal anotado por San Francisco, que teve amplo domínio ao longo da primeira etapa. Os 49ers ainda erraram um extra point, o que acabou sendo crucial no futuro da partida.

No segundo tempo, brilhou a estrela de Patrick Mahomes. O grande astro da atualidade, mostrou novamente o porque é o melhor jogador da liga nos últimos seis anos. Tirando diversos coelhos da cartola, o quarterback dos Chiefs empatou a partida e levou para a prorrogação.

O grande detalhe é que apenas pela segunda vez na história, um Super Bowl vai para a prorrogação. No tempo extra, mesmo que muito pressionado, Mahomes conseguiu conduzir uma grande campanha nos últimos segundo e venceu a partida.

Continua depois da publicidade

Com a vitória, Patrick Mahomes chega ao seu terceiro Super Bowl conquistado em apenas seis temporadas na liga e escreve novamente o seu nome no livro dos esportes, demonstrando ser um dos maiores atletas da atualidade. Para se ter noção do tamanho do feito, Mahomes agora tem a mesma quantidade de títulos que derrotas em pós temporada.

No lado dos 49ers, o tabu segue ativo. A franquia, que é uma das mais tradicionais da NFL, não é campeã desde 1994, na época ainda com o lendário Joe Montana. Com a derrota de hoje, se tornou o quinto clube da história a amargar a sua terceira derrota seguida em Super Bowl.

Confira a lista dos maiores campeões da NFL:

6 – Pittsburgh Steelers (1974, 1975, 1978, 1979, 2005 e 2008) e New England Patriots (2001, 2003, 2004, 2014, 2016 e 2018)

5 – Dallas Cowboys (1971, 1977, 1992, 1993 e 1995) e San Francisco 49ers (1981, 1984, 1988, 1989 e 1994)

Continua depois da publicidade

4 – Green Bay Packers (1966, 1967, 1996 e 2010), New York Giants (1986, 1990, 2007 e 2011) e Kansas City Chiefs (1969, 2019, 2022 e 2023)

3 – Las Vegas Raiders (1976, 1980 e 1983), W. Football Team (1982, 1987 e 1991) e Denver Broncos (1997, 1998 e 2015)

2 – Miami Dolphins (1972 e 1973), Indianapolis Colts (1970 e 2006), Baltimore Ravens (2000 e 2012), Tampa Bay Buccaneers (2002 e 2020) e Los Angeles Rams (1999 e 2021)

1 – New York Jets (1968), Chicago Bears (1985), New Orleans Saints (2009), Seattle Seahawks (2013) e Philadelphia Eagles (2017)

Continua depois da publicidade

O Super Bowl marca o fim da temporada que retorna somente em setembro, tendo pela primeira vez da história, uma partida de temporada regular sediada no Brasil.

Veja também: Inteligência artificial recria estádios do Campeonato Catarinense

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC.

Destaques do NSC Total