nsc
    dc

    Em busca de tesouros

    Encontro de colecionadores reúne caçadores de relíquias em Florianópolis

    Evento promovido pela Associação Filatérica e Numismática de SC facilita busca por peças raras

    02/08/2014 - 04h04

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Ernani Rebello já teve suas duas coleções premiadas em exposição mundial
    Ernani Rebello já teve suas duas coleções premiadas em exposição mundial
    (Foto: )

    Quem se aventura a colecionar selos, moedas e outros objetos deve se preparar para uma busca intercontinental e praticamente infindável. Peças raras e que valorizam a coleção podem demorar anos para serem encontradas e a procura depende de pesquisa e do contato com outros colecionadores.

    Para facilitar essa troca, a Associação Filatérica e Numismática de Santa Catarina (AFSC) promove hoje e amanhã o 165º Encontro de Filatelistas e Numismatas de Santa Catarina. O evento, que ocorre anualmente no primeiro fim de semana de agosto, será realizado no Hotel Castelmar, em Florianópolis, e receberá comerciantes e colecionadores de todo o país.

    No espaço, haverá cerca de 50 mesas para compra e troca de selos, moedas e outros objetos colecionáveis, como gibis, cartões telefônicos, carrinhos de ferro, canetas, relógios e antiguidades. Também haverá uma área exclusiva para a troca de figurinhas da Copa do Mundo - o momento final para completar o álbum, de acordo com o organizador Milton Milazzo.

    Segundo o filatelista Ernani Rebello, este é uma boa oportunidade para encontrar peças raras, fazer contato com outros colecionadores e aprender sobre o tema. Durante o evento estarão presentes André Soffer e Claudio Neumann, considerados dois entre os mais bem conceituados conhecedores de material filatélico.

    - Uma coleção nunca está finalizada. Estamos sempre em busca de algo melhor e mais interessante - diz Rebello, que costuma participar de leilões pela internet e comunica-se com filatelistas de vários países.

    Os jovens colecionadores também estão convidados a participar e aprender com os experientes. A AFSC terá uma mesa para orientar os iniciantes a começar a sua coleção e os Correios, tradicionais convidados do evento, vão oferecer uma quantidade limitada de kits brinde com selos para crianças.

    A expectativa é receber em torno de 350 pessoas durante os dois dias de evento.

    Desafio de encontrar um belo conjunto

    Colecionador há 50 anos, Rebello, de 64, já viu o seu hobby ser premiado com medalha de bronze na Exposição Mundial de Filatelia, realizada no Rio de Janeiro. Há quinze anos ele mantém duas coleções de selos: uma com peças sobre as atividades dos Correios e outra sobre a evolução dos transportes.

    Para valorizar a compilação, Rebello investe na procura por máximos postais, que são os cartões postais com selo e carimbo em uma única peça, todos com a mesma temática. O desafio é encontrar os mais belos conjuntos.

    A coleção sobre a evolução dos transportes traz máximos postais sobre os primórdios da bicicleta, os primeiros carros populares, aviões e aeronaves espaciais. A coleção conta com selos de diversos países. Já o conjunto sobre as atividades dos Correios mostra as diversas operações e formas de transporte das cartas pelo mundo.

    Embora sua preferência seja por investir e aprender mais sobre as coleções que já tem, Rebello não descarta começar uma nova compilação, dessa vez com selos sobre os bombeiros, mas espera reunir um bom material de máximos postais antes.

    Serviço

    O quê: 165º Encontro de Filatelistas e Numismatas de Santa Catarina

    Onde: Hotel Castelmar, Rua Felipe Schmidt, 1260, Centro de Florianópolis (SC)

    Dia e horário: sábado (02/08) das 9h às 18h e domingo (03/08) das 9h às 16h

    Entrada gratuita

    Na televisão

    O tema desperta tanto interesse que programas televisivos abordam a caça por relíquias. Veja três em exibição no Brasil, todos no History Channel:

    Mestres da Restauração

    Episódios inéditos às quartas-feiras, 23h

    Rick Dale resgata peças de museu em sótãos, porões, mercados de pulgas e casas de pessoas que nem suspeitam de seu valor e importância. Ele continua adquirindo objetos reduzidos a sucata, oxidados e em destroços para, através de processos precisos de restauração, fazê-los voltar a ser as maravilhas de coleção.

    Trato feito

    Episódios inéditos aos domingos às 22h

    Filmada no maior e mais importante ponto de penhores em Las Vegas, a série relata as atividades diárias na loja de penhores Gold & Silver, uma empresa familiar dirigida por Richard Harrison, o filho Rick e o neto Corey, que trabalha lá desde a infância e está sendo preparado para um dia assumir a loja. A grande quantidade de elementos históricos que passa por ali diariamente é cuidadosamente analisada e avaliada.

    Caçadores de Relíquias

    Episódios inéditos às quartas-feiras, 21h

    Os caçadores Mike e Frank transforma cacarecos em tesouros únicos, em uma incessante busca por joias ocultas nos cantos mais inesperados dos Estados Unidos, como ferros-velhos, sótãos, garagens, galpões e celeiros. A série ensina que por trás dos objetos mais ordinários existe uma grande história a ser contada.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas