publicidade

Instituições federais

Estudantes da UFSC realizam assembleia para definir ações contra bloqueio de verbas federais  

Amanhã universitários devem participar de um ato estudantil, às 17h no centro da Capital  

14/05/2019 - 17h27 - Atualizada em: 14/05/2019 - 19h56

Compartilhe

Por Camila Levien
Assembleia estudantil UFSC
(Foto: )

Em assembleia realizada pelo Diretório Acadêmico da UFSC, o DCE, cerca de 1,5 mil estudantes - segundo organização- reuniram-se para debater ações contra o bloqueio de 30% no orçamento de custeio destinado às universidades e institutos federais do país. Os acadêmicos confirmaram a participação no ato nacional de mobilização agendado para amanhã, às 17h no centro da Capital.

Eles não são os únicos, alunos da UDESC, IFSC e também do Instituto Estadual de Educação (IEE) devem caminhar lado a lado na tarde desta quarta-feira. A saída da UFSC está marcada para as 13h30min, os alunos da UDESC saem simultaneamente. O encontro dos dois grupos está marcado em frente a escola Simão Hess, na Avenida Madre Benvenuta.

Logo depois seguem pela avenida Beira Mar, passando pela Mauro Ramos onde devem encontrar os alunos do IFSC e IEE. Em seguida reúnem-se na Catedral, onde um ato está marcado às 17h

Segundo Cecília Brancher, integrante do DCE da UFSC, a preocupação dos alunos é que o bloqueio de verbas vai muito além do repasse para pesquisa e extensão, pode afetar a permanência dos estudantes na universidade.

— Tem muita gente que estuda na UFSC e depende do auxílio-permanência e bolsas estudantis para conseguir concluir a graduação. O contingenciamento de verbas é uma ameaça para as universidades públicas e institutos federais, por isso é tão importante a mobilização estudantil

Na reunião, os alunos também sinalizaram participação na Greve Geral contra a reforma da Previdência agendada para 14 de junho.

Deixe seu comentário:

publicidade