A Federação Catarinense de Futebol (FCF) apresentou nesta quinta-feira (19), o projeto do Centro de Desenvolvimento de Futebol, que será em Balneário Camboriú, ao lado da sede da FCF. O complexo, inédito em Santa Catarina, será construído pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) com o fundo do legado da Copa do Mundo de 2014.

Continua depois da publicidade

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

O Centro terá um campo de futebol de grama sintética com arquibancada para 480 pessoas, uma estrutura com prédio principal, vestiários, área médica, restaurantes, lojas e demais espaços. O custo da obra e realização será, aproximadamente, R$ 9 milhões. O prazo de entrega é de oito a dez meses.

A finalidade do centro é para uso comunitário, receberá campeonatos amadores, jogos escolares, escolinhas de futebol e outros projetos para o desenvolvimento de atletas.

— É uma obra muito esperada por Balneário Camboriú. Importante para a comunidade ter um espaço seguro e moderno. Vai ficar totalmente à disposição da comunidade, as crianças terão todo o equipamento necessário para o sonho de ser jogador de futebol — explica Osmar de Miranda, superintendente da Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú.

Continua depois da publicidade

Maquete em miniatura do Centro de Desenvolvimento de Futebol que será construído em Balneário Camboriú
Maquete em miniatura do Centro de Desenvolvimento de Futebol que será construído em Balneário Camboriú

Além disso, o presidente da FCF Rubens Angelotti disse que o campo será usado também para treinamento e preparação pré-temporada da arbitragem catarinense. Angelotti também comentou da possibilidade de construir um alojamento nos fundos da sede da Federação para a arbitragem ficar durante os treinos.

— Foi uma batalha, desde 2018 tentando trazer para Balneário Camboriú, ao lado da Federação, que era uma briga minha. Nas primeiras conversas, a CBF e a Fifa não contemplavam fazer parceria e queriam que o terreno fosse comprado, mas tivemos uma parceria com a prefeitura para a doação do terreno por 50 anos. A administração é da FCF, vamos criar escolinhas, consultório de psicologia, departamento médico, alojamento, tudo acompanhado pela CBF — fala Rubens.

Legado da Copa

Após cada Copa do Mundo, a Fifa reserva parte do lucro da competição à associação sede para uso no desenvolvimento do esporte no país, esse fundo é o legado da Copa. No Brasil, o foco da CBF é na construção de centros de desenvolvimento de jogadores nos estados que não receberam partidas da Copa do Mundo em 2014.

Destaques do NSC Total