Mais de 100 surfistas de 11 estados e de dois outros países vão disputar as premiações da segunda etapa do Circuito Profissional da Federação Catarinense de Surf (Fecasurf) e do São Chico Pro, a partir desta sexta-feira (8), na Prainha, em São Francisco do Sul.

Continua depois da publicidade

Receba notícias do Norte de Santa Catarina pelo WhatsApp

Em cada uma das cinco etapas, que definirão o campeão catarinense profissional de 2023, a Fecasurf oferece uma premiação de R$ 50 mil. O circuito estadual é conhecido como o mais rico do Brasil. No ano passado, o torneio já tinha este título, quando era R$ 30 mil a premiação. 

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

O Floripa Pro Etapa Joaquina, em Florianópolis, abriu o Circuito Catarinense Profissional de 2023 e a programação é de mais quatro etapas, todas oferecendo a premiação em dinheiro, dividida entre os mais bem colocados no masculino e feminino. Os vencedores da primeira etapa foram o paulista Alex Ribeiro e a bicampeã estadual, Tainá Hinckel.

Continua depois da publicidade

A segunda etapa é o São Chico Pro, nos dias 8 a 10 de setembro. As outras estão marcadas no litoral Sul, Garopaba e Laguna, com a grande final da temporada acontecendo em Florianópolis.

Apresentado pela prefeitura de São Francisco do Sul, o São Chico Pro estreou no ano passado, com o resultado marcando pontos no ranking nacional da Taça Brasil e no estadual da Fecasurf. Neste ano, as duas competições serão disputadas separadamente. 

Para o torneio, são 55 competidores de SC, 10 de SP, 10 do CE, seis do RS, seis do PR, três do RJ, três da BA, três de PE, três do RN, dois da PB, um de AL, além do argentino Nacho Gundesen e da peruana Daniella Rosas, tricampeã sul-americana da World Surf League, disputando em 10 dias de competições nas ondas da Prainha.

*Sob supervisão de Augusto Ittner

Leia também

O que abre e o que fecha no feriado de 7 de Setembro em Joinville

Tradicional festa germânica reúne cerveja exclusiva, desfile e receitas originais em SC

Vítima de acidente com 50 carros na BR-277 falou com a esposa antes de morrer

Destaques do NSC Total