nsc

Futebol

Figueirense: "Vamos lutar para ser campeões", diz técnico sobre a Série C

Na opinião de Jorginho, Alvinegro deveria ter vencido os jogos contra o Ypiranga, Mirassol e Paraná

29/06/2021 - 07h36

Compartilhe

Leandro
Por Leandro Lessa
Técnico Jorginho treno Figueirense
Técnico Jorginho durante treino do Figueirense
(Foto: )

Após seis pontos em cinco rodadas, o discurso do técnico do Figueirense é de buscar o título na Série C do Campeonato Brasileiro. "Vamos lutar para ser campeões", garantiu Jorginho. Até o momento, o Alvinegro tem apenas uma vitória na competição - diante do Oeste, em casa. Na noite desta segunda-feira (29), o Furacão catarinense ficou no empate em 0 a 0 com o Ypiranga, em uma noite fria em Erechim (RS). 

- O resultado foi ruim pelo volume apresentado pela equipe. Tínhamos que ter ganhado o jogo, como também tínhamos que ter ganhado Mirassol e Paraná, mas já estamos merecendo isso. Ainda tem muito o que acertar do meio para a frente, melhorar um pouquinho a qualidade do passe para colocar o colega na cara do gol, e essa ansiedade até pelo fato da vitória não vir - declarou Jorginho.  

> Clique aqui e receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

O primeiro objetivo é ficar entre os quatro primeiros do grupo B, para avançar de fase na terceira divisão nacional e tentar chegar às semifinais, o que carimba o retorno à Série B. Neste momento, o Figueirense ocupa a sétima posição entre dez clubes do grupo, a três pontos do G-4 - o Botafogo (SP) está com nove pontos. O próximo jogo é contra o Ituano, na segunda-feira 05 de julho, às 20h, no estádio Novelli Júnior.

> Rodrigo Faraco: Figueirense fez jogo fraco contra o Ypiranga e deixou escapar chance de vencer 

O comandante reafirmou que há alguns nomes que podem chegar como reforços. Na partida desta segunda, o Figueira não contou com o meia Garré (lesão muscular na coxa direita) e o volante Fabrício (teste de Covid-19 inconclusivo). O zagueiro Guilherme Teixeira, de volta ao clube, não viajou com a delegação. Mesmo com as dificuldades, o treinador demonstra confiança na evolução e na vontade de seus jogadores. 

> Roberto Alves: jogo com temperatura baixa e frio tecnicamente

- Só se os adversários não deixarem ou se os deuses do futebol não quiserem. Esses meninos estão se dedicando tanto para isso a cada dia, a cada treino. Estamos com 65% de uma equipe, e logo vamos conseguir encaixar. É uma pena que tem muita contusão, essa Covid é um problema grave, mas vamos lutar contra qualquer coisa para sermos campeões - disse o técnico do Figueirense. 

Ouça a entrevista pós-jogo do técnico Jorginho:

Colunistas