publicidade

Cotidiano
Navegue por

Rio de Janeiro

Flamengo não poderia ter alojamento em área atingida por incêndio, diz prefeitura do Rio 

Na documentação entregue pelo clube, constava como se o local fosse um estacionamento 

08/02/2019 - 16h38 - Atualizada em: 08/02/2019 - 18h23

Compartilhe

Por GaúchaZH
CT Ninho do Urubu
Processo de investigação será aberto para apontar os responsáveis pela tragédia
(Foto: )

Diante do incêndio que vitimou dez pessoas no CT do Flamengo, a prefeitura do Rio de Janeiro publicou uma nota em seu site oficial no início da tarde desta sexta-feira (8). Conforme a publicação, o alojamento tomado pelas chamas sequer deveria existir, já que na documentação entregue pelo clube constava como se o local fosse um estacionamento.

"A área de alojamento atingida pelo incêndio, não consta do último projeto aprovado pela área de licenciamento, em 05/04/18, como edificada. No projeto protocolado, a área esta descrita como um estacionamento. Não há registros de novo pedido de licenciamento da área para uso como dormitórios", alega a prefeitura.

Ainda, de acordo com a publicação, por determinação da legislação em vigor, uma inspeção só poderia acontecer em caso de denúncia — o que não ocorreu. Agora, será aberto um processo de investigação para apurar as responsabilidades. Dez pessoas morreram e três ficaram feridas no incidente, que teve início por volta das 5h desta sexta.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação