Em um domingo de muitas emoções, o Joinville venceu o Jaraguá por 2 a 0 e conquistou o título do Campeonato Catarinense Série Ouro de Futsal. Mais de 3400 torcedores lotaram o Centreventos Cau Hansen para embalar o JEC na conquista, que só foi garantida porque o Tricolor quebrou um grande tabu contra o maior rival: nunca havia vencido o Aurinegro em casa numa final estadual.

Continua depois da publicidade

Foi o primeiro título de Campeonato Catarinense do Joinville desde 2020, já que o Jaraguá era o atual bicampeão. Agora o JEC tem oito conquistas estaduais.

Com o título, o Joinville vai representar Santa Catarina na Taça Brasil de Futsal em 2024. Do outro lado, o Jaraguá ganhou uma vaga na Copa Sul 2024.

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

Continua depois da publicidade

A partida também marcou a despedida do ídolo Willian no Centreventos Cau Hansen. O goleiro tricolor fez seu último jogo – ao menos nesta passagem pelo clube – em Joinville. Após 10 anos defendendo o Tricolor e 350 partidas com a camisa do JEC, Willian vai atuar no Norilsk, da Rússia, na próxima temporada.

Contudo, a última partida, de fato, de Willian pelo Joinville será na final da Liga Nacional de Futsal, marcada para o dia 17 de dezembro, em Toledo (PR), contra o Atlântico.

Willian comemora título estadual pelo Joinville em sua despedida do Cau Hansen — Foto: Juliano Schmidt/JEC/Krona
Willian comemora título estadual pelo Joinville em sua despedida do Cau Hansen — Foto: Juliano Schmidt/JEC/Krona

O jogo

O primeiro tempo teve muita pressão do Joinville. Já com cinco minutos, o time da casa forçou três grandes defesas de João Neto, que completou a etapa salvando o Jaraguá ao menos cinco vezes.

Do outro lado, o Aurinegro não conseguiu pressionar muito o JEC, com isso, Willian se sentiu a vontade para ser goleiro-linha em alguns momentos, sobretudo nos cinco minutos finais.

Continua depois da publicidade

A melhor chance do Jaraguá aconteceu faltando 30 segundos para o fim, com Ruan de falta, forçando boa defesa de Willian.

Depois, ainda deu tempo de Henrique, de peito e dentro da área, quase abrir o placar faltando seis segundos para o fim.

Rafinha comemora segundo gol dele pelo Joinville na final do Catarinense de Futsal — Foto: Juliano Schmidt/JEC/Krona
Rafinha comemora segundo gol dele pelo Joinville na final do Catarinense de Futsal — Foto: Juliano Schmidt/JEC/Krona

O segundo tempo começou mais equilibrado, mas João Neto seguiu com grandes defesas em sequência. Porém, após uma delas, o goleiro do Jaraguá deu rebote e Rafinha, dentro da área, aproveitou para colocar a bola dentro da rede pela primeira vez no jogo, aos cinco minutos.

Após o gol, Tiago entrou no lugar de João Neto em alguns momentos para ser usado como goleiro-linha, contudo, a estratégia se tornou contra o Jaraguá.

Continua depois da publicidade

Faltando pouco menos de sete minutos para o fim, Tiago tentou um passe no meio da quadra para Caio, mas Rafinha leu bem a jogada e se atirou para cortar o passe e, também, finalizar para o gol vazio e ampliar o placar.

Na segunda etapa, a melhor chance do Jaraguá foi como no primeiro tempo, em bola parada. Caio levantou a bola e Neto deu um belo voleio, forçando mais uma grande defesa de Willian.

Com quatro minutos para o fim, Caio virou o goleiro-linha do Jaraguá. Contudo, apesar do ímpeto do Aurinegro, a noite era de Willian, que não deixou o gol tricolor ser vazado e se despediu de Joinville com uma grande exibição.

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total