Sempre empolgante, o Campeonato Inglês teve o North London Derby na abertura da 23ª rodada, na manhã deste sábado. No Stamford Bridge, o Chelsea não tomou conhecimento do Arsenal e venceu por 3 a 1. Os gols do jogo foram marcados por Marcos Alonso, Fàbregas e Giroud. Já o golaço ficou por conta de Hazard, que assinou uma pintura em jogada individual.

Continua depois da publicidade

Com mais um triunfo na Premier League, o Chelsea dispara ainda mais na liderança. Agora, passam a ter 59 pontos, enquanto o Arsenal, na terceira posição, permanece estacionado nos 47.

Leia mais

Liverpool perde para o Hull City e chega a cinco jogos sem vitória

Kane decide novamente, Tottenham vence e se isola em segundo no Inglês

Continua depois da publicidade

Ronaldinho recusa oferta do Coritiba e negociação está encerrada

Desde o apito inicial, o clássico foi bastante movimentado, com o Arsenal pressionando a defesa adversária e obtendo mais volume de jogo. Embora tivesse mais a bola, a equipe do técnico Arsène Wenger, que, suspenso, assistia e orientava das arquibancadas, não criou boas chances para inaugurar o marcador.

Eficiente, o Chelsea abriu o placar. Depois de um cruzamento pela direita, Diego Costa acertou o travessão; no rebote, Marcos Alonso foi premiado por invadir a área e anotou.

Antes do intervalo, o camisa 3 ainda viu duas boas jogadas adversárias serem construídas pelo seu setor, porém ambas – finalizadas por Gabriel Paulista, que entrou no lugar do lesionado Bellerín, e Özil – pararam nas mãos de Courtois.

No segundo tempo, o panorama se manteve. No entanto, Hazard, melhor jogador em campo, escreveu, ou melhor, pintou um capítulo especial no duelo. A obra de arte começou ainda no meio de campo, com o artista belga pincelando entre os marcadores, desconcertados com a habilidade imposta. No fim, o camisa 10 tocou com classe por cima de Cech: 2 a 0.

Continua depois da publicidade

Na tentativa de reação, Giroud e Welbeck entraram e tentaram fazer fumaça. O primeiro ainda descontou, mas já era tarde. Explica-se: os Blues fizeram o terceiro antes do gol do francês, com Fàbregas, que entrou na segunda etapa ao lado de Willian. O espanhol tocou por cima, esbanjando categoria, após erro dos rivais. Ex-Arsenal, ele optou por não comemorar.

De olho na manutenção do topo, o Chelsea volta a campo pelo Inglês no dia 12, para o duelo diante do Burnley, fora de casa. Um dia antes, o Arsenal recebe o Hull City.

*LANCEPRESS

Destaques do NSC Total