A mãe de Pelé, Celeste Arantes, morreu aos 101 nesta sexta-feira (21), em Santos (SP). Ela estava hospitalizada há mais de uma semana, mas a causa da morte ainda não foi revelada.

Continua depois da publicidade

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

SC tem mais uma atleta garantida nas Olimpíadas de Paris 2024

Segundo informações do ge, Celeste Arantes foi casada com João Ramos do Nascimento, o Dondinho, pai de Pelé, que faleceu em 1996. Além de Pelé, ela teve outros dois filhos: Jair e Maria Lúcia. O primeiro morreu em 2020 e a caçula era a responsável por cuidar da mãe.

Continua depois da publicidade

Relembre os feitos de Pelé no futebol

Casada com um ex-jogador de futebol, Celeste era contra o filho seguir a carreira do seu pai. A principal razão eram as lesões sofridas. Pelé contou com a ajuda do pai e de Waldemar de Brito, que jogou como profissional entre os anos de 1930 e 1940, para convencer a mãe.

O Santos também emitiu uma nota oficial lamentando a morte de Celeste Arantes

O Santos Futebol Clube lamenta profundamente o falecimento de Celeste Arantes do Nascimento, mãe do nosso eterno Rei.

Nascida em Três Corações, Celeste teve uma infância difícil ao lado de seu irmão Jorge. Ainda jovem, conheceu Dondinho, com quem viveu uma grande história de amor e iniciou a sua família. Dessa família que surgiria Edson Arantes, chamado carinhosamente de Dico, e que mais tarde o mundo conheceria como Pelé. Porém, para o menino Dico se tornar Rei, um longo caminho precisou ser percorrido. E esse caminho não seria possível sem a também eterna Dona Celeste.

Continua depois da publicidade

Foram 101 anos de uma história de vida inspiradora. De uma mulher negra que enfrentou as infinitas adversidades da vida pelo bem de sua família. Descanse em paz, Rainha. O carinho, a admiração e a gratidão da nação santista são para sempre.

Destaques do NSC Total