nsc

publicidade

Para colecionar

Memórias da Copa: Nilton Santos e os dois passos para bi da Seleção em 1962

Autor dos quadros é Cláudio Duarte, carioca que mora em Florianópolis e é um talentoso ilustrador, caricaturista, cartunista e designer gráfico

02/06/2018 - 04h55

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Os leitores dos jornais da NSC Comunicação são presenteados aos fins de semana com pequenas obras de arte sobre a Copa do Mundo. No caderno de esporte da Superedição de fim de semana são publicados pôsteres que remetem a momentos marcantes da conquista dos cinco títulos pela Seleção Brasileira. O autor dos quadros é Cláudio Duarte, carioca que mora em Florianópolis e é um talentoso ilustrador, caricaturista, cartunista e designer gráfico.

Leia mais notícias sobre a Copa do Mundo

Confira a tabela de jogos da Copa da Rússia

Para quem não o conhece, eis um pequeno currículo: entre as dezenas de condecorações na sua estante está o Prêmio Esso de 2001 (o mais importante do jornalismo brasileiro), além de outra dúzia de condecorações no país e no exterior. Trabalhou por quase 30 anos no Jornal O Globo e atualmente faz trabalhos para agências, jornais e revistas, incluindo publicações da França e da Itália.

Na Superedição do Diário Catarinense, Claúdio estampa as ilustrações sobre as Copas de 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002. Vale a pena conferir e colecionar!

Didi - Copa de 1958, na Suécia
O desenho do Mundial da Suécia é um emblemático lance da vitória por 5 a 2 sobre os anfitriões, que rendeu o título à Seleção.

Didi, arte, copa do mundo
Foto: Cláudio Duarte / Especial

Nilton Santos - Copa de 1962, no Chile
A ilustração
traz o experiente Nilton Santos em uma jogada que, se não fosse feita, poderia ter causado a eliminação brasileira na primeira fase. 

Nilton Santos, Copa de 1962
Foto: Cláudio Duarte / Especial
Nilton Santos, Copa de 1962
Foto: Cláudio Duarte / Especial

Deixe seu comentário:

publicidade