publicidade

Cotidiano
Navegue por

Trânsito

Motorista foge após atropelar triatleta na SC-401, em Florianópolis

25/09/2016 - 05h46 - Atualizada em: 25/09/2016 - 18h12

Compartilhe

Por Redação NSC
Triatleta catarinense foi atingida por um veículo na manhã deste domingo na SC-401, em Florianópolis. 
Triatleta catarinense foi atingida por um veículo na manhã deste domingo na SC-401, em Florianópolis. 
(Foto: )

A triatleta Ina Ostrom, de 27 anos, foi atropelada na manhã deste domingo enquanto treinava na SC-401, em Florianópolis. Segundo a central da Polícia Rodoviária Estadual (PMRv), a ciclista estava no km 8 da rodovia quando foi atingida por um carro que fugiu sem prestar socorro. A vítima, que sofreu politraumatismo, fratura exposta no braço e precisou imobilizar uma das pernas, foi encaminhada consciente ao Hospital Celso Ramos e segue em observação. Até as 20h, a PMRv não tinha pistas da identidade do condutor.

Motorista foge após atropelar ciclista na SC-401, em Florianópolis

O veículo, possivelmente um EcoSport, atingiu a jovem acostamento da rodovia, próximo do antigo posto da polícia, por volta das 7h40min desta manhã. A Polícia Militar (PM) chegou a fazer rondas na região para tentar localizar o suspeito, mas ninguém foi preso.

SC-401, uma rodovia em estado terminal

O treinador de Ina, Roberto Lemos, que também pedalava na rodovia no momento do fato, chegou no local do acidente logo após o atropelamento. De acordo com ele, a queda fez com que o capacete quebrasse ao meio. Além disso, a bicicleta foi "destruída com o choque"

— Eu cruzei com ela antes do acidente e nos cumprimentamos. Aí quando voltei, ela já estava na ambulância sendo atendida. Estava muito assustada, mas falava com as pessoas. Estava consciente — explicou.

Conforme explicou Roberto, a atleta já tinha competido no Ironman Florianópolis 2016, mas se recuperava de uma queda que teria acontecido no ano passado.

A triatleta que nasceu Florianópolis tem descendência sueca, e em 2015 conquistou o campeonato mundial de triathlon de longa distância na categoria amadora. Ina Ostrom é formada em Química pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e buscava uma vaga no curso de mestrado na mesma Instituição.

Leia as últimas notícias do Diário Catarinense

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação