A pré-temporada do JEC Futsal começou nesta semana, com a reapresentação do clube no Centreventos Cau Hansen e a apresentação dos quatro reforços para a temporada 2024. Entre eles, está o goleiro Matheus Marcos, ex-Cascavel, que tem a missão de substituir Willian, ídolo do clube, que após 10 temporadas, deixou a equipe.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região no WhatsApp

Aos 25 anos, o arqueiro defendeu o Cascavel na última temporada e foi campeão da Libertadores. Além de utilizar as mãos, Matheus é conhecido pela sua habilidade com os pés, característica favorável ao trabalho do treinador Cassiano Klein. Em 2023, o goleiro marcou 15 gols e por três anos seguidos, foi o goleiro que mais marcou na Liga Nacional de Futsal.

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Em entrevista à CBN Joinville, na quinta-feira (18), Matheus falou sobre a expectativa de jogar no Joinville em 2024 e a missão de substituir um dos maiores ídolos do clube.

Continua depois da publicidade

— Vai ser uma missão um pouco complicada substituir o Willian, estava quase uma década aqui e creio eu que vai ser meio difícil. Mas isso a gente vai se acostumando, com os novos companheiros. É um sonho que estou realizando, desde quando recebi a proposta eu não pensei duas vezes, aceitei. Até cair a ficha foi uns dias. Pessoas maravilhosas, cidade maravilhosa, clube gigante — afirmou.

Suspenso 4 anos por doping, goleiro do Nação revela drama e celebra volta: “Amo o futebol”

O goleiro, porém, estava “em dívida” com a torcida Tricolor. Isso porque, na vitória do JEC Futsal sobre o Cascavel em junho de 2023, válido pela 10ª rodada da Liga Nacional, Matheus afirmou, após uma confusão dentro de quadra entre os jogadores, que estava “com medo de vencer o jogo” e a equipe paranaense “não sair do ginásio”, fazendo alusão ao fato do jogo ser no Centreventos Cau Hansen, com casa cheia.

À CBN Joinville, Matheus revelou que o episódio é passado e que espera brilhar com a camisa do Joinville, junto da torcida.

— Antes de jogar, eu já assistia ao Joinville pela televisão e era um espetáculo. A cada ano que foi passando ficou melhor ainda. Jogar ao lado dessa torcida maravilhosa é um sonho também, ver o ginásio lotado, a ansiedade fica a mil. Peço desculpas pelo episódio que aconteceu, eu estava do outro lado, tinha um pouco de rivalidade, mas agora vou defender as cores do JEC até o fim — disse Matheus.

Continua depois da publicidade

O primeiro torneio do JEC Futsal no ano será a Supercopa Gramado, em março. No calendário, ainda estão marcados dois amistosos contra a ACBF, um em Carlos Barbosa, no dia 24 de fevereiro, e outro em Joinville, no dia 1º de março.

Veja imagens da reapresentação do JEC Futsal

*Sob supervisão de Lucas Paraizo

Leia também

Carnaval 2024 começa com ensaios das escolas de samba e escolha da realeza em Joinville

Cidades do Norte de SC firmam parceria para construir ponte: “A maior da região”

Duas apostas de Joinville ficam a um número de ganhar quase R$ 415 mil na Lotofácil

Destaques do NSC Total