nsc
    an

    Ano-Novo

    Primeiro bebê de 2015 em Joinville completará um aninho no Réveillon

    Reportagem reencontrou a mãe e a menina nascida no último 1º de janeiro

    31/12/2015 - 04h04

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Heloá nasceu quatro minutos após o Réveillon de 2015
    Heloá nasceu quatro minutos após o Réveillon de 2015
    (Foto: )

    Se já soubesse falar, a pequena Heloá Valentina provavelmente discordaria de todos que repetem frases prontas sobre "como o ano passou voando" ou que "sobrou tempo para pouca coisa" em 2015. Afinal, nos últimos 12 meses ela abriu os olhinhos pela primeira vez, mais do que dobrou de tamanho, arriscou os primeiros passos sozinha e até aprendeu algumas palavrinhas.

    Foi um ano e tanto para essa bebê, que completa seu primeiro aninho de vida em pleno Réveillon - exatos quatro minutos após a contagem regressiva da virada, aliás. É que Heloá veio ao mundo em meio à festa de Ano-novo, na maternidade do Hospital Dona Helena, em Joinville.

    Por ter sido o primeiro bebê do ano na cidade e até do Estado, Heloá conviveu com os holofotes em seu primeiro dia de vida. Ela e a mãe, Ana Paula da Silva, de 32 anos, posaram para fotos e deram entrevistas, inclusive para "A Notícia". Mais tarde, a família pesquisou por conta própria e se convenceu de que Heloá foi o segundo bebê nascido em 2015 em todo o Brasil.

    Colocações à parte, a menina já chamava atenção por ser um bebezão quando nasceu, com meio metro de altura e quase quatro quilos. Não surpreende, portanto, que Heloá hoje seja uma criança cheia de energia. Quase não dá bola para as bonecas. Ela gosta mesmo é de pedalar pela casa com a motoca. A mãe, claro, se derrete.

    -Ela é muito forte, animada, muito curiosa. Adora a motoca dela. Por isso, é o xodozinho da casa - diz Ana Paula, mãe de outros dois meninos e mais duas meninas.

    Muito se falou em crise em 2015, mas nada parece ter tirado a alegria de Heloá. Quando a mãe precisou voltar ao trabalho de operadora de produção após o fim da licença-maternidade, a pequena passou a acompanhá-la e fez novos amiguinhos no berçário da empresa onde Ana Paula trabalha. Também não ficou doente e poupou a família de qualquer susto no último ano.

    A mãe-coruja também jura que Heloá sorri à toa (o tamanho da máquina fotográfica talvez explique o olhar desconfiado da menina nas fotos feitas pela reportagem). Se o ano de 2015 foi cheio de surpresas para Heloá, 2016 promete ainda mais experiências: ela já tem vaga garantida em um CEI municipal e deve começar as atividades em fevereiro.

    Os planos da mãe para a filha, por enquanto, param por aí:

    -Ela tem muita saúde, só espero que continue assim - agradece.

    O nascimento

    O nascimento de Heloá foi registrado às 0h04 de quinta-feira, 1º de janeiro de 2015, na maternidade do Hospital Dona Helena. O detalhe é que o parto estava previsto apenas para o dia 10 daquele mês, por isso a pequena ganhou fama de apressada. O nome dela foi escolhido pelos próprios irmãos e irmãs: Valentina tem o significado de ser uma pessoa generosa, forte, diz a mãe.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas