O treino do Palmeiras desta segunda-feira terminou em discussão envolvendo o técnico Cuca, o volante Felipe Melo e o preparador físico Omar Feitosa. Motivo: um lance no fim do rachão, quando os jornalistas estavam na sala de imprensa para a entrevista coletiva de Thiago Santos. Cuca e Felipe Melo estavam em times diferentes do rachão, e Omar coordenava a atividade.

Continua depois da publicidade

Leia mais:

Em coletivo entre reservas e time de transição, Bressan é testado na lateral esquerda

Danilo Fernandes e Lomba treinam com bola e estão liberados pelo departamento médico do Inter

Após polêmica, Gabigol se desculpa e admite: “Atitude inadequada”

Continua depois da publicidade

Não é possível saber quem começou o bate-boca. Na saída do gramado, Felipe Melo e Omar Feitosa pararam para debater algum lance. Cuca saiu um pouco depois e encontrou-se com Omar no caminho para o vestiário. Bastante irritado, o técnico deu uma bronca no preparador, gesticulando, e entrou. Depois, reapareceu para pedir que Omar entrasse rapidamente.

Quem viu e ouviu tudo de perto diz que trata-se de uma discussão corriqueira e que tudo já estava resolvido no vestiário após o treino.

O Palmeiras enfrenta o Atlético Tucumán (ARG) às 21h45min desta quarta-feira, no Allianz Parque, pela Copa Libertadores.

Leia outras notícias sobre futebol

*LANCEPRESS

Destaques do NSC Total