nsc
    dc

    Crime

    Secretário de saúde da Grande Florianópolis é preso por uso de documentos falsos

    Em 2004, funcionário público de Major Gercino falsificou renúncia do prefeito para ocupar cargo

    18/03/2014 - 10h46 - Atualizada em: 18/03/2014 - 18h06

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    Está preso na delegacia de São João Batista o secretário de Saúde de Major Gercino, Gerônimo Delbrantino Albanaes. No fim da tarde de segunda-feira, policiais civis cumpriram a sentença definitiva contra Albanaes por falsidade ideológica.

    Em 2004 ele teria fraudado a renúncia do então prefeito, Lourival dos Santos, assumindo assim o cargo de chefe do Executivo. De acordo com o delegado de São João Batista, Angelo Moreno Fragelli, policiais prenderam o secretário quando saia do posto de saúde, que não apresentou resistências.

    - Ele deverá sr transferido ainda hoje para o presídio de Tijucas- informou o delegado.

    De acordo com a decisão de dezembro de 2013, Albanes deve cumprir uma pena de três anos, nove meses e 15 dias de reclusão, pelo crime cometido há 10 anos. Ele apelou ao Tribunal de Santa Catarina, mas a sentença foi mantida.

    O crime

    O juiz Samuel Andreis, da comarca de São João Batista, condenou o ex-vice-prefeito de Major Gercino, pelo crime de uso de documentação falsa. Conforme os autos, o réu apresentou à Câmara de Vereadores um documento falso, segundo o qual o então prefeito abdicava do cargo. Logo, Lourival denunciou a fraude.

    A situação gerou um imbróglio na cidade que, por 10 dias, fez com que o pequeno município do Vale do Rio Tijucas tivesse dois prefeitos. Como pano de fundo descobriu-se um acordo entre os políticos que não foi cumprido, para dividir os quatro anos de mandato em dois períodos iguais.

    Albanaes se defendeu, alegando que encontrou o documento sobre sua mesa de trabalho. O juiz ressaltou que o ex-vice não foi condenado pela autoria da falsificação, mas sim pelo uso de documento falso.

    Testemunhas ouvidas no processo afirmaram que houve confusão e revolta entre os habitantes do município, diante de todo o quadro criado a partir da falsa renúncia.

    Histórico

    Natural de Major Gercino e funcionário público desde 1985, Albanes ocupava o cargo na Prefeitura desde início de março, no lugar de Marcos Marcelino. Foi secretário de Administração entre 1993 e 1996, durante a gestão do pai, Delbrantino Albanaes, como prefeito da cidade. Na segunda gestão do prefeito Zelásio Angelo Dellagnolo, entre 2009 e 2012, ocupou cargo na pasta de Ação Social.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas