nsc
dc

Pesquisa

Seis empresas de SC estão entre as melhores para trabalhar no país 

Plano de carreira e horários flexíveis estão entre as principais qualidades apontadas no levantamento Great Place to Work 2016

16/08/2016 - 13h03 - Atualizada em: 06/12/2019 - 08h37

Compartilhe

Por Redação NSC

As catarinenses Viacredi, Intelbras, Resultados Digitais, Clamed, Fiesc e Whirpool estão entre as melhores empresas para trabalhar no Brasil de acordo com a edição 2016 da pesquisa Great Place to Work, feita em parceria com a revista Época, divulgada nesta terça-feira.

Ambiente da empresa Resultados Digitais
Ambiente da empresa Resultados Digitais
(Foto: )

Ao todo, foram premiadas 150 organizações divididas em três categorias: grande porte, médio porte - nacionais e médio porte – multinacionais. As três melhores do país são Elektro, Caterpillar e Kimberly-Clark Brasil

Conheça a Resultados Digitais, empresa de Floripa que está entre as melhores para se trabalhar no Brasil

A catarinense mais bem colocada foi a Viacredi (Cooperativa de Crédito Vale do Itajaí), que aparece na 25ª colocação e ainda figura no sub-ranking carreira - empresas com maiores porcentagens de promoções em relação ao número de funcionários. As demais empresas catarinenses não têm a especificação da colocação no material divulgado, já que não figuram entre as primeiras 25.

Conheça as melhores empresas para se trabalhar em Santa Catarina

Entre as seis, a única que não é de grande porte é a Resultados Digitais. Com apenas cinco anos de vida, esta é a terceira vez em que a empresa de marketing digital arranca um lugar entre as 150 premiadas. Chama a atenção, entre os resultados da companhia, a credibilidade dos líderes, apontada por 90% dos funcionários.

O que as melhores têm em comum?

Entre as premiadas, 85% contam com plano individual de desenvolvimento. Esse é exatamente um dos fatores destacados por Dione de Quadros, gerente de RH da Intelbras, empresa que já foi premiada 13 vezes no ranking.

- Os planos de desenvolvimento e a possibilidade de crescer por meio de promoções internas são alguns dos fatores (que fazem a empresa se destacar) - conta Dione.

Sobre a qualidade de vida, 47% das premiadas têm horários flexíveis de trabalho voltados para 75% dos funcionários e 79% oferecem práticas de atividades coletivas (laboral, corrida, futebol etc). Com tantas vantagens, a rotatividade nessas empresas é baixa, de apenas 11%.

A atração de talentos e contratações via redes sociais é uma prática de 85% das melhores – 90% utilizam o Facebook; 64% o Twitter; e 66% o LinkedIN.

Como é feita a pesquisa

A relação de confiança é a base do estudo. O modelo é feito a partir de duas visões complementares: o Trust Index© e o Culture Audit©. O Trust Index© – ou Índice de Confiança – é extraído a partir do questionário respondido pelos funcionários. As respostas são agrupadas em cinco dimensões: Credibilidade, Respeito, Imparcialidade, Orgulho e Camaradagem. O Culture Audit© é obtido a partir da análise das práticas culturais, descritas em um segundo questionário, respondido pela empresa.

Colunistas