nsc
    santa

    Fim do sonho

    Seleção feminina de vôlei é eliminada pela China nas quartas de final e dá adeus à Olimpíada

    Brasil conseguiu levar o jogo ao tie-break, mas perdeu para a China por 3 sets a 2

    16/08/2016 - 23h36 - Atualizada em: 17/08/2016 - 09h54

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Jaqueline não conteve as lágrimas após a eliminação
    Jaqueline não conteve as lágrimas após a eliminação
    (Foto: )

    Por esse fracasso ninguém esperava, ao menos não tão cedo. Atual bicampeã olímpica, a equipe feminina de vôlei do Brasil foi derrotada na noite desta terça-feira por 3 sets a 2 para a China (15/25, 25/23, 25/22, 22/25 e 15/13).

    E resultado não terminou apenas com o sonho do tri, mas com qualquer possibilidade de medalha para as meninas comandadas por José Roberto Guimarães. O choro em quadra foi inevitável.

    — A ficha ainda não caiu ainda para ser sincera. A gente se esforçou bastante por esse momento. Não consigo nem falar sobre o jogo agora. Peço até desculpas — disse Fabiana, central do Brasil, logo após a derrota.

    Leia mais:

    FOTO: neto de Zé Roberto emociona ao chorar com eliminação do Brasil no vôlei feminino

    Ágatha e Bárbara vencem Walsh e Ross e vão à final no vôlei de praia

    Em jogo emocionante, Alison e Bruno vencem e estão na final da Olimpíada

    A eliminação das brasileiras foi considerada uma enorme zebra. A equipe chegou ao jogo invicta — com cinco vitórias por 3 sets a 0 e nenhuma derrota na primeira fase —, enquanto as rivais classificaram em quarto lugar no seu grupo.

    Jogando com junto com a torcida, as brasileiras atropelarem as asiáticas no primeiro set. No segundo e terceiro, a China acertou a parte tática, que combinada com um mau momento brasileiro, foi fundamental para virar a partida em 2 sets a 1. O Brasil chegou a reagir no quarto set, mas acabou eliminado no tie-break.

    — A gente tem que aprender a perder. A China foi melhor e temos que treinar mais para vencer. Esse é o legado. A partir do 2º set, as chinesas cresceram no jogo. É muito triste, mas alguém tem que perder — afirmou o técnica Zé Roberto, que foi consolado pelo neto após o fim do jogo.

    — Não é o jeito que eu queria sair da seleção, mas infelizmente não deu — afirmou a bicampeã olímpica Sheilla, que se despede da seleção.

    — Eu saio de quadra com a sensação de que dei tudo — disse a gaúcha Fê Garay.

    Agora, a China enfrentará a Holanda, nesta quinta-feira, nas semifinais. A outra equipe finalista será definido do jogo entre Sérvia e EUA, no mesmo dia.

    Chinesas comemoraram vitória sobre o Brasil Foto: Kirill KUDRYAVTSEV / AFP

    Confira os outros resultados do dia:

    Holanda 3 x 1 Coreia do Sul (25/19, 25/14, 23/25 e 25/20)
    Estados Unidos 3 x 0 Japão (25/16, 25/23 e 25/22)
    Sérvia 3 x 0 Rússia (25/9, 25/22, 25/21)

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas