O caso da mulher de 19 anos que morreu depois de ter relações sexuais com o jogador Dimas, do sub-20 do Corinthians, em 30 de janeiro, chocou o país inteiro. A reportagem do Fantástico teve acesso a mensagens trocadas entre os dois jovens no dia da morte. Confira na galeria abaixo as conversas que antecederam o encontro.

Continua depois da publicidade

Dimas deve depor ainda esta semana na 5ª Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo (SP).

A menina e o jogador estiveram juntos na terça-feira, 30 de janeiro, em São Paulo. A polícia está investigando o caso como morte suspeita e foi o próprio Dimas que levou a menina ao Pronto Socorro Tatuapé.

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Continua depois da publicidade

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

Quando Dimas e a jovem se encontraram

Segundo o UOL, o advogado de Dimas disse que os dois se conheceram pelas redes sociais e foram para o apartamento do jogador, na noite de terça-feira (30). Essa foi a primeira vez que os dois estiveram juntos. Para o pai da vítima, a filha tinha ido ao jogo do Corinthians com uma amiga.

O advogado contou que os dois tiveram relações sexuais e usaram preservativo, quando Dimas percebeu que a jovem não estava passando bem. O jogador então ligou para o Samu, que a atendeu ainda no apartamento, e a acompanhou até o hospital.

O que aconteceu com a jovem?

Até chegar ao hospital, a jovem sofreu quatro paradas cardiorrespiratórias seguidas. Segundo o ge, os socorristas disseram que a menina tinha um forte sangramento na região íntima. Os funcionários do PS acionaram a polícia para investigar o caso.

Foi quando a polícia descobriu que momentos antes ela estava com o jogador do Corinthians no apartamento dele. Ainda segundo o UOL, no boletim de ocorrência está descrito que os médicos encontraram uma fissura de cinco centímetros na genitália da jovem, além de forte hemorragia.

Continua depois da publicidade

A jovem sofreu uma ruptura na escavação retouterina (região genital localizada entre o útero e o reto). Segundo especialistas, o caso é raro.

Como a polícia está tratando o caso?

Dimas prestou depoimento na mesma noite como testemunha. Ele contou à polícia que a jovem começou a passar mal enquanto eles estavam se relacionando. O jogador foi liberado, mas aguarda o resultado das investigações. Ele também chegou a conversar com a família da vítima.

A polícia também encontrou vestígios de sangue no apartamento do jogador, além de uma camisinha. A investigação aguarda os laudos da perícia e não descarta que se trate de uma fatalidade.

O que diz a defesa do jogador e o Corinthians?

Conforme o ge, a defesa do jogador disse que a relação foi consentida, que eles não fizeram uso de drogas ou bebidas alcoólicas e que ele prestou amplo socorro à vítima, chamando o Samu e a acompanhando até o hospital. O jogador ainda pode ser chamado para novos depoimentos.

Continua depois da publicidade

Já o Corinthians publicou nota dizendo que está acompanhando o caso, lamentou a morte da jovem e que o clube está à disposição da polícia para colaborar com a investigação. Veja a nota:

O Sport Club Corinthians Paulista informa que acompanha proximamente os desdobramentos dos fatos relacionados ao episódio envolvendo um de seus atletas da base na noite de terça-feira, 30/1/2024. Reforçamos que o clube aguarda a investigação dos fatos e está à disposição para colaborar com as autoridades.

Veja imagens de Dimas jogando pelo Corinthians

*Lia Capella é estagiária sob a supervisão de Diogo Maçaneiro

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total