nsc
dc

Fórmula-1

Vettel escapa de nova punição por batida em Hamilton

Piloto da Ferrari foi julgado pela FIA nesta segunda-feira

04/07/2017 - 05h12

Compartilhe

Por Lancepress
(Foto: )

A FIA decidiu não adotar mais nenhuma ação contra Sebastian Vettel pelo incidente com Lewis Hamilton durante o GP do Azerbaijão. O diretor da Ferrari, Maurizio Arrivabene, se encontrou com o presidente da FIA, Jean Todt, e outros importantes nomes do órgão mundial de automobilismo nesta segunda-feira para falar sobre a colisão intencional cometida pelo alemão em Baku.

O piloto da Ferrari sofreu uma penalidade de 10 segundos durante a corrida por acertar seu rival da Mercedes durante o safety-car, mas a FIA resolveu após a corrida que queria rever o assunto. Em comunicado emitido após o julgamento, a entidade afirmou que, depois de um olhar detalhado sobre o incidente, Vettel assumiu a responsabilidade total pelo episódio e pediu desculpas.

Leia mais:

Cesar Ramos comemora sétimo lugar na Corrida do Milhão: "Resultado marcante"

Marcio Campos destaca "ritmo excelente" na Corrida do Milhão

Thiago Camilo lamenta "frustração enorme" após abandono

Como resultado disso, o tetracampeão terá de dedicar parte de seu tempo para educar jovens pilotos.

– Diante destes acontecimentos, o presidente da FIA, Jean Todt, decidiu que o assunto deve ser encerrado – disse o comunicado emitido pela FIA.

No entanto, ao notar a gravidade da infração e suas potenciais consequências negativas, Todt deixou claro que, se houver repetição de tal comportamento, o assunto será imediatamente encaminhado ao Tribunal Internacional para uma investigação mais aprofundada.

– O esporte de nível superior é um ambiente intenso, em que os temperamentos podem se elevar. No entanto, é o papel dos melhores esportistas lidar com essa pressão com calma e se comportar de uma maneira que não só respeite os regulamentos do esporte, mas que seja adequado ao status elevado que eles desfrutam.

*Lancepress

Colunistas