nsc
    dc

    Litoral de SC

    Visitantes ilustres: as diferenças entre leão-marinho e elefante-marinho

    Ambos costumam aparecer em praias catarinenses e chamam atenção pela simpatia

    16/03/2013 - 21h20 - Atualizada em: 17/03/2013 - 09h32

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Animal chamou a atenção de quem estava na praia na tarde deste sábado
    Animal chamou a atenção de quem estava na praia na tarde deste sábado
    (Foto: )

    A confusão sempre surge na visita dos ilustres animais marinhos: trata-se de um leão-marinho ou de um elefante-marinho? Baseando-se apenas em fotos, a dificuldade em identificar é maior. Por vezes um mero trejeito no modo de locomoção é fator usado para diferenciar um animal do outro. Dúvidas à parte, a verdade é que os visitantes sempre chamam atenção de um modo simpático quando resolvem dar o ar da graça. A orientação, no entanto, é para que as pessoas evitem se aproximar.

    Elefante-marinho é um mamífero que pertence à família Phocidae. O nome é em razão do formato do nariz, que lembra uma tromba. O macho mede até seis metros e chega a três toneladas de peso (os valores variam um pouco dependendo de onde vivem). Já as fêmeas não chegam na metade desse tamanho.

    Na comparação com a família das focas, leões e lobos-marinhos, a diferença do elefante-marinho é não ter orelhas, além de ter a locomoção apoiada na "superfície ventral" e não nas nadadeiras. O aparecimento do elefante-marinho é mais incomum na comparação com o leão-marinho.

    O pesquisador da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), Jules Soto, curador do Museu Oceanográfico, alerta que mamíferos marinhos têm uma lei específica de proteção. É preciso manter distância e não importuná-los. Se eles estão na praia, as pessoas não devem mandar os animais para a água. Eles podem passar dias descansando nas areias.

    Com golfinhos, baleias e tartarugas é diferente. Quando eles procuram a praia, normalmente é porque estão com problemas. Nessas situações, é preciso procurar uma universidade ou a Polícia Ambiental, pelo telefone (48) 3665-4487.

    A polícia também pode ajudar a esclarecer o que fazer quando um animal é avistado.

    :: Leão-marinho

    > Tamanho e peso: um macho mede até dois metros e pesa de 800 a mil quilos

    > De onde vem e por que vem: aparecem durante o inverno e a primavera. Vivem em colônias no Rio Grande do Sul, mas não se reproduzem no Brasil. Alguns vêm da costa da Argentina. O leão marinho fica em molhes, junto às pedras. Mas no inverno, é possível encontrar alguns na praia, principalmente no litoral gaúcho e, às vezes, no Litoral Sul de SC

    :: Elefante-marinho

    > Tamanho e peso: um macho mede até seis metros e chega a três toneladas de peso, variando um pouco os valores dependendo de onde vivem. Já as fêmeas não chegam na metade desse tamanho

    > De onde vem e por que vem: na época de acasalamento, no final de agosto e começo de setembro, esses animais reúnem-se em grandes colônias, nas quais os machos maiores têm até vinte fêmeas. O mamífero vive nos oceanos Antárctico, Pacífico e Atlântico, tanto no hemisfério sul como no hemisfério norte.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas